Inicio » Norte de Minas » Norte de Minas – Estado busca investidores interessados em produzir energias renováveis no Norte de Minas

Norte de Minas – Estado busca investidores interessados em produzir energias renováveis no Norte de Minas

A incidência de radiação solar no Norte de Minas Gerais é capaz de viabilizar qualquer projeto de produção de energia elétrica fotovoltaica na região.

Norte de Minas - Estado busca investidores interessados em produzir energias renováveis no Norte de Minas
Norte de Minas – Estado busca investidores interessados em produzir energias renováveis no Norte de Minas

PUBLICIDADE

///////////////////////////

O potencial foi comprovado em estudo realizado pela Companhia Energética de Minas Gerais – Cemig e agora ganha atenções de diversos países. Para transformar esta capacidade em desenvolvimento econômico e social, o governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento e Integração do Norte e Nordeste de Minas Gerais – Sedinor, está buscando empresas nacionais e internacionais interessadas neste novo e promissor mercado, ao mesmo tempo em que prepara a região para receber os novos investimentos.

A expectativa é que o Norte de Minas receba, nos próximos cinco anos, recursos privados da ordem de R$ 18 bilhões em produção de energia fotovoltaica. Uma das empresas interessadas é a espanhola TW Solar, que pretende iniciar os investimentos já nos próximos 90 dias. Nesta quinta-feira (28/04), o secretário da Sedinor, Paulo Guedes, e o diretor de Captação, Qualificação e Inclusão Regional do Idene, Davidson Dantas, receberam dirigentes da empresa em reunião que contou com a participação de representantes das secretarias de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento – Seapa e de Desenvolvimento Econômico – SEDE, do Instituto de Desenvolvimento Integrado de Minas Gerais – INDI, da Cemig, dos bancos do Nordeste e de Desenvolvimento de Minas Gerais – BDMG, da Agência de Desenvolvimento do Norte de Minas – Adenor, além de outras empresas que também possuem projetos de energias renováveis na região.

“Vamos começar com três usinas de porte médio, mas o projeto é bem maior. Se conseguirmos avançar em todos os aspectos que ainda estão pendentes, iremos alcançar um total de 12 usinas de energia fotovoltaica implantadas na região”, afirmou o representante da empresa espanhola no Brasil, Joseias Silva.

O secretário Paulo Guedes frisou que o governo está empenhado em transformar as regiões Norte e Nordeste de Minas Gerais em referência em geração de energia limpa. “Estamos mostrando para o Brasil e para o mundo as oportunidades existentes naqueles municípios. E o Estado já adotou como um projeto de governo o estímulo a este mercado para a promoção do desenvolvimento econômico e social daquela que é considerada a região mais carente de Minas Gerais ” disse.

Os dados sobre as expectativas, as potencialidades e os gargalos para a instalação das empresas no Norte de Minas foram apresentados pelo consultor da Adenor, Uilton Roberto Rocha. “O Norte de Minas é a melhor região do Brasil para produção de energia fotovoltaica. Como o Brasil é o melhor país em se tratando de radiação solar, temos, portanto, a melhor região do mundo”, disse Uilton Rocha. Segundo o consultor, ao apontar a viabilidade do investimento, ele mostra que os projetos naquela região são competitivos e rentáveis. “As questões que podem dificultar na geração, transmissão e distribuição desta energia serão solucionadas com este apoio que o governo está oferecendo e todo o suporte da Adenor”, ressaltou.

A necessidade de ampliação da rede de distribuição da Cemig foi um dos principais pontos abordados na reunião. O superintendente da concessionária, Márcio Delgado, esclareceu que o surgimento de novas fontes de energia implica em estudos para reforçar toda a rede, o que demanda tempo, mas afirmou que é possível dar agilidade ao processo com a união de forças.  “Juntamente com a Sedinor e com a Adenor, estamos buscando otimizar os trabalhos para termos um levantamento de todo o potencial de energia fotovoltaica do Norte de Minas. E, junto com a Empresa de Pesquisa Energética – EPE, do governo federal, vamos planejar soluções para todas as conexões que irão surgir no sistema, ou seja, o investimento na rede será feito juntamente com o investimento em geração”, garantiu Márcio Delgado.

VIATOTAL

ViaTotal

///////////////////////////

Abordado sobre formas de incentivos e de financiamento de projetos, o gerente do BDMG, Rubens Amaral, afirmou que este é um dos setores que o banco considera estratégico para o desenvolvimento do Estado. “O setor de energias renováveis é considerado um potencial de desenvolvimento de Minas Gerais, por isso estamos elaborando nesta área um programa específico para atuação do banco”, disse, garantindo que o BDMG pode apoiar esses projetos com financiamentos e na estruturação de operações para as empresas.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

MG - Homem briga e morre na frente da namora em baile funk

MG – Homem briga e morre na frente da namora em baile funk

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 10 de dezembro de 2016.MG – Homem …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).