Inicio » Mais Seções » Tecnologia » Cuidado com o uso de VPNs para driblar o bloqueio do Whatsapp

Cuidado com o uso de VPNs para driblar o bloqueio do Whatsapp

Para tentar furar o bloqueio do Whatsapp no Brasil, feito pelas operadoras de internet por ordem da Justiça (a pedido da Polícia Federal e do Ministério Público), muitos usuários estão recorrendo ao mascaramento dos seus endereços de IP, através de redes virtuais provadas, ou  VPN (Virtual private network). Essa prática, entretanto, pode oferecer riscos.

Cuidado com o uso de VPNs para driblar o bloqueio do Whatsapp
Cuidado com o uso de VPNs para driblar o bloqueio do Whatsapp

PUBLICIDADE

///////////////////////////

“O VPN é como uma ponte que conecta o seu dispositivo a uma rede estrangeira, ou seja, livre dos impedimentos impostos pela justiça. Ao fazer download desse tipo de app, há riscos de vazamento de dados particulares do dispositivo, então é bom usar essa alternativa com cautela”, alerta o Gerente de Segurança da PSafe, Emílio Simoni.

O uso seguro das VPNs é mais recomendado para usuários com um nível avançado de conhecimento técnico. Opções gratuitas e com código aberto, como o Openvpn, são mais recomendadas, já que a comunidade de usuários pode verificar a segurança. “Ainda que a decisão da justiça tenha sido alterada, é importante que os usuários sempre busquem mais informações sobre os aplicativos que baixam e permissões que eles pedem”, complementa Simoni.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

Ainda assim, esse recurso só vale se os outros usuários estejam fora do País ou utilizando ferramentas semelhantes, já que o aparelho com um VPN instalado ainda assim não conseguirá trocar mensagens com outros aparelhos bloqueados – além de causar lentidão na conexão.

Ferramentas de mascaramento de IP são muito utilizadas em países que impõem controle da rede, como é caso da China, onde internautas usam VPNs para fugir da barreira da censura.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Norte de Minas - Sistema Sedinor/Idene, Codevasf e a Epamig promovem seminário para discutir o futuro da macaúba na região Norte de Minas

Norte de Minas – Sistema Sedinor/Idene, Codevasf e a Epamig promovem seminário para discutir o futuro da macaúba na região Norte de Minas

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016.Norte de Minas …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).