Inicio » Norte de Minas » Norte de Minas – Mesorregião do Norte de Minas registra queda na doação de órgãos

Norte de Minas – Mesorregião do Norte de Minas registra queda na doação de órgãos

 

No Norte de Minas, nos primeiros três meses do ano, foi registrada queda significativa na doação de órgãos e tecidos, em torno de 40%, em comparação com o último trimestre de 2015.

Norte de Minas - Mesorregião do Norte de Minas registra queda na doação de órgãos
Norte de Minas – Mesorregião do Norte de Minas registra queda na doação de órgãos

PUBLICIDADE

///////////////////////////

De acordo com a enfermeira Simone Rosado, da CIHDOTT – Comissão Intra – Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplantes da Santa Casa, a diminuição é atribuída ao grande número de recusa familiar, motivada por questões culturais e falta de conhecimento sobre o assunto.

“Essa situação tem causado aumento de número de pacientes na fila de espera por um órgão. É necessário ampliar o debate sobre o tema, visando estimular e conscientizar a população para incentivar as pessoas a manifestarem o desejo de ser doador, e o mais importante: discutir em família a decisão tomada”.

No Hospital funciona a CIHDOTT- Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplantes, que organiza e regula todo o processo de doação de órgãos, desde a identificação de potenciais doadores, abordagem e acompanhamento psicológico da família até a articulação e o encaminhamento de informações para a CNCDO – Central de Notificação, Captação e Distribuição de Órgãos, viabilizando, assim, a ampliação quantitativa e qualitativa na captação de órgãos.

Transplantes

A Santa Casa de Montes Claros é o único hospital da região credenciado pelo Ministério da Saúde para realização de transplantes de córnea, rins e fígado. A novidade, de acordo com a coordenação do serviço de transplantes, é a realização, em breve, de transplante de medula óssea, que já foi autorizado pelo Sistema Nacional de Transplantes. A Santa Casa é o 16º hospital do país credenciado para realização do procedimento.

Atualmente, na região, de acordo com a CNCDO, 200 pessoas esperam por um rim, 5 esperam por um fígado e 5 esperam por córneas. Até o mês de abril, foram registradas 46 doações de córneas, 8 de rim e 4 de fígado, com a realização de 1 transplante de córnea, 14 de rim e 3 de fígado.

A enfermeira Simone Rosado enfatiza que a doação de órgãos é o último gesto de benevolência que um ser humano pode praticar em benefício do próximo, melhorando a qualidade de vida de quem recebe e de toda a família.

“ Doar órgãos é escolher que a vida pode continuar. Por isso, converse com sua família, seja um doador, ou melhor, um multiplicador de vidas”, conclui.

Ascom Santa Casa de Montes Claros

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

MG - Homem briga e morre na frente da namora em baile funk

MG – Homem briga e morre na frente da namora em baile funk

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 10 de dezembro de 2016.MG – Homem …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).