Inicio » Colunistas » Hesiodo José » Coluna do Hesiodo José – Fragmentos Diários (aumento e também invento)

Coluna do Hesiodo José – Fragmentos Diários (aumento e também invento)

Montes Claros in foco

Passou a Tocha olímpica, as ruas da cidade ficaram repletas de admiradores e adversários, na altura do Morada do Parque um grupo se banhava em lágrimas “Eu amo a Tocha olímpica, quando meu filho nascer se chamará Tocha da Silva se for um menino, sendo menina será Tocholina!” falou a auxiliar de serviços gerais Madalena Maria. “Eu quero que a Tocha se fôda!” disse com ódio o entregador de gás e água mineral José Nêgo que há duas horas tentava fazer uma entrega na Vila Guilhermina. Já no trajeto da Cula Mangabeira, ouviu-se um côro bastante conhecido da multidão, “Ei Tocha vá tomar no cú!”. Romances aconteceram, seu José Paulino pegou a mão da dona Irene Aparecida no intuito de ajudá-la a se levantar quando fraquejara em determinado trecho, ali olhares se preencheram e depois da passagem estavam no Bar da Ponte bebendo e se admirando, lógico que ela mesmo adorando as caricias e o espeto de frango, deixou claro que se o marido descobrisse os dois seriam defuntos. Já Patrícia de Normando desencalhou e foi para o matel próximo ao Interlagos depois de conhecer Julio Barroso que afirmara ser chefe de segurança da Tocha, mas a decepção veio depois do gozo, o cara se mandou com o dinheiro, roupas e celular dela, Patrícia ainda foi detida por atentado ao pudor quando andava nua procurando ajuda.

Opera Bufa

A Câmara Municipal de Montes Claros segundo a imprensa nacional será convidada para fazer parte de um programa em canal aberto com o humorista Tom Cavalcanti. É que nesta terça em sua reunião ordinária os legisladores deram uma aula de “palhaçadas” quem achava que o que o antigo programa os Trapalhões fazia era só ficção puderam ver na pratica que varias verdades eram envolvidas, primeiro por parte do presidente da casa que começou o show dizendo que se as manifestações continuassem ele “disvaziava” o plenário, depois se ruborizou quando perguntado o porquê do Prefeito estar preso e baixar decretos, logo após outro momento de extremo humor foi protagonizado pelo vereador Raimundo do INSS que defendeu a corrupção do Prefeito pedindo que orássemos contra a corrupção e o como sempre hilário Vereador Irmão Waldiney que é historicamente bipolar em suas decisões, disse que não cabe a Câmara julgar ninguém, deve ser deixado para que a justiça o faça.

Riso da hora

A esposa chega desesperada na delegacia:

– Meu marido saiu ontem de casa pra comprar arroz e não voltou até agora. O que eu faço, senhor delegado?

– Sei lá! Faz macarrão!

 Fica assim, amanhã tem mais…

Hesiodo José
Hesiodo José

PUBLICIDADE

///////////////////////////

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Dr. Newton Figueiredo, vice-presidente da ACI, defendeu o resgate do futebol local a partir da campanha

Montes Claros – Ação entre amigos da ACI e CDL em prol do Ateneu

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 7 de dezembro de 2016.Montes Claros – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).