Inicio » Montes Claros » Montes Claros – A cidade de Montes Claros sedia Feira Regional de Economia Popular Solidária do Norte de Minas

Montes Claros – A cidade de Montes Claros sedia Feira Regional de Economia Popular Solidária do Norte de Minas

A Feira Regional da Economia Popular Solidária do Norte de Minas está marcada para os dias 13 e 14 de maio, na Praça Matriz, das 9h às 22h, em Montes Claros. A abertura oficial será no dia 14, às 11h e contará com a presença do subsecretário de Trabalho e Emprego da Secretaria de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social, Antonio Lambertucci.

Feira_Valadares

PUBLICIDADE

///////////////////////////

“O movimento de economia solidária é muito organizado e articulado e, há muito tempo, reivindica do Governo do Estado mais apoio para os empreendimentos para que possam potencializar suas vendas. Agora o Estado está apoiando essas feiras, apoiará as feiras permanentes com entrega de barracas e ainda prestará assessoramento aos empreendimentos. Isso faz parte de uma política que o governo está implantando de apoio a essa modalidade de geração de renda”, informa o subsecretário Antônio Lambertucci.

Até o momento, a feira tem 58 empreendimentos inscritos. “Nossa expectativa é fechar com 60 empreendimentos”, informa o secretário do Fórum Regional de EPS do Norte de Minas, Humberto Gusmão.

“Para nós é uma imensa satisfação receber esse apoio do governo, não só porque cria um canal de comercialização, mas pela fase política que o movimento social atravessa. Com esta ação, ganhamos espaço e fortalecemos o movimento”, analisa Gusmão.

Estarão presentes empreendedores de 16 municípios: Bocaiúva, Buritizeiro, Chapada Gaúcha, Itacarambi, Jaíba, Janaúba, Januária, Japonvar, Manga, Matias Cardoso, Mirabela, Montes Claros, Pirapora, São Francisco, São João da Ponte e Ubaí.

O público terá a chance de apreciar e adquirir artesanato como a cerâmica do Vale do São Francisco, ecojoias (bijuterias com sementes da região), blusas de Gurutuba, bonecas de cabaça de Ubaí e ainda produtos da agricultura familiar: queijo, farinha, rapadura, requeijão, biscoitos e doces cristalizados.

Manifestações culturais regionais também terão espaço. Estão previstas apresentações do Grupo de Dança do Brejo dos Crioulos e do grupo de teatro de Montes Claros, Rapariga do Bonfim, além de dupla sertaneja e dupla de violeiros.

E para os empreendedores da economia solidária estão previstas duas oficinas, a primeira abordará o CadSol e a importância de se cadastrar, e a segunda vai tratar da formação do empreendedor e do desafio da comercialização. As oficinas acontecem a partir das 14 horas.

A feira terá 30 barracas para comercialização dos produtos de EPS, uma tenda para alimentação e um espaço institucional da Sedese. A estrutura das feiras conta ainda com palco, sonorização de ambiente, iluminação, segurança particular, banheiros químicos e limpeza diária.

Investimento nas feiras de EPS

Já foram realizadas feiras em Governador Valadares (Território do Rio Doce), Poços de Caldas (Sul de Minas), Uberlândia (Triângulo) e Juiz de Fora (Zona da Mata). E neste final de semana, além da Feira do Vale do Jequitinhonha, em Diamantina, estão sendo realizadas as feiras de EPS do Norte de Minas, em Montes Claros e do Vale do Mucuri, em Teófilo Otoni.

Elas são organizadas pela Secretaria de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social (Sedese), em parceria com o Fórum Mineiro da Economia Popular Solidária, Conselho Estadual de Economia Popular Solidária e Prefeituras Municipais.

O Governo de Minas Gerais, por meio da Sedese, está investindo R$ 307.229 mil, na organização, estruturação e montagem das feiras. A iniciativa está prevista no Plano Estadual de EPS e no Plano Plurianual de Ação Governamental (PPAG) e integra o Programa de Consolidação da Política de Economia Solidária da Sedese.

O principal objetivo é divulgar, fortalecer e incentivar a comercialização dos produtos e serviços oferecidos pelos programas e projetos da política da Economia Popular Solidária do Estado, buscando a promoção do consumo consciente e sustentável. Além de promover a comercialização direta dos produtos, a feira é espaço de promoção de negócios, fomento, formação e informação, visando a sustentabilidade dos empreendimentos.

VIATOTAL

ViaTotal

///////////////////////////

Feiras de Economia Popular Solidária 

Data

Município

Local

1

15 e 16/4

G. Valadares

Praça dos Pioneiros

2

22 e 23/4

P. de Caldas

Parque José Afonso Junqueira

3

30/04 e 1º/5

Uberlândia

Praça Tubal Vilela

4

6 e 7/5

Juiz de Fora

Praça Riachuelo

5

13 e 14/5

Diamantina

Praça  do Mercado

6

13 e 14/5

Montes Claros

Praça Matriz

7

14 e 15/05

Teófilo Otoni

Rua Dr. João Antonio próx.  Praça Tiradentes

8

20 e 21/5

Paracatu

Praça Firmina Santana

9

21 e 22/05

Conselheiro Lafaiete

Praça São Sebastião

10

27 e 28/5

S. João Del Rei

Praça do Coreto

11

09 a 11/6

Metropolitana  BH

Praça Carlos Chagas s/n

Feira Regional da Economia Popular Solidária do Norte de Minas

Data: 13 e 14 de maio

Horário: 9h às 22h

Local: Praça Matriz

 

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Norte de Minas - Acidente deixa uma pessoa morta na BR-251

Norte de Minas – Acidente deixa uma pessoa morta na BR-251

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 8 de dezembro de 2016.Norte de Minas …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).