Inicio » Colunistas » Aldeci Xavier » Coluna do Aldeci Xavier – Preto no Branco

Coluna do Aldeci Xavier – Preto no Branco

NÃO EMPLACOU
Em coluna anterior havíamos comentado de que o deputado federal Newton Cardoso Júnior (PMDB) teve o seu nome citado como provável ministro do governo interino de Michel Temer. Citamos que seu pai, ex-governador Newton Cardoso, havia conversado com o novo dirigente da Nação. Outra informação era de que o seu nome tinha sido preterido e que o mais provável seria a indicação do nome do deputado federal Saraiva Felipe. Na quarta-feira, o jornal O Tempo de Belo Horizonte praticamente desmentiu a coluna dizendo que ele foi indicado para comandar o Ministério da Defesa. Com menos de 24 horas, a notícia divulgada pela coluna foi confirmada. Houve rejeição do seu nome para a pasta.

ESPINOSA E MONTE AZUL
A coluna recebeu de leitor de Espinosa pedido de informação em relação a Operação Curinga, deflagrada no dia 18/11/2014, pela Polícia Federal e Ministério Público Federal, onde teria sido identificado que aposentadorias rurais eram concedidas irregularmente mediante pagamentos para os facilitadores da fraude e com o objetivo de captação de votos. O grupo criminoso atuava em Espinosa, Monte Azul e Montes Claros. A denúncia envolve autoridades políticas nas três esferas de poder. Procuramos informações sobre a questão, mais até o fechamento da coluna não havíamos obtido resposta. Como a operação já caminha para completar dois anos a expectativa é de que as denúncias já tenham sido formalizadas. Vamos em busca de resposta.

LONTRA
Informação que chega à coluna e que vem sendo apurada por este jornalista dá conta de que o atual prefeito de Lontra, Evando Gonçalves (PSB), continua aguardando liminar para garantir que tenha condições de disputar a reeleição. Até onde temos conhecimento, a referida liminar ainda não aconteceu. A conversa na cidade é que a base situacionista já prepara o nome do atual vice-prefeito, Dr. Wendel Oliva (PT), como o nome do grupo.

IGOR E O PSB
Com todo respeito que merece o presidente do PSC em Montes Claros Igor Versiani, não faz nenhum sentido o discurso que tem feito através das redes sociais e até mesmo pessoalmente, deixando a entender que hoje é o nome para vencer as eleições de Montes Claros como candidato na majoritária. A forma encontrada tem sido a criação de factoide para tentar desconstruir a atual administração, e de forma especial o prefeito licenciado Ruy Muniz. Depois de ter convencido, ninguém sabe com qual argumento, a direção do PSC a entregá-lo o partido no município, em conversa com três vereadores da oposição em Montes Claros, garantiu que já tem o PSC e o PTN, e nos próximos dias será também o responsável pela direção do PSB de Márcio Lacerda. A afirmativa aconteceu durante conversa na porta da Câmara.

ZÉ VICENTE
O vice-prefeito de Montes Claros José Vicente de Medeiros marcou para segunda-feira pela manhã a sua posse na função de prefeito em Montes Claros, em substituição ao prefeito licenciado Ruy Muniz. Numa demonstração de lealdade ao titular da pasta e ao grupo, Zé Vicente disse que será uma solenidade simples, sem maiores formalidade. Deixou claro que pretende manter a estrutura organizacional.

PAULO RIBEIRO
O ex-secretário de Meio Ambiente de Montes Claros, Paulo Ribeiro, que é filho do ex-prefeito Mário Ribeiro da Silveira, era tido como um dos possíveis aliados do deputado Paulo Guedes (PT) no seu projeto de disputar a prefeitura de Montes Claros. Em conversa com este jornalista, Paulinho, como é mais conhecido, informou que não sabe se Guedes será ou não candidato, mas se for não contará com seu apoio. Ele fez questão de deixar claro que não pretende participar da disputa eleitoral no município e apenas agirá como eleitor comum. Já declarou seu voto ao ex-deputado Humberto Souto, com quem teve conversa recente.

FOTOGRAFIA SEMELHANTE
Não é mera coincidência se fotografarmos a política nacional e a política em Minas Gerais e perceber que a imagem é a mesma. Tanto lá como cá, a preocupação principalmente do PMDB é que os dois mandatários (presidente e governador) sejam apeados do poder por meio da Justiça Eleitoral e não por meio do Supremo Tribunal Federal. É que neste caso, tanto Michel Temer como Antônio Andrade, ambos do PMDB, além de não assumirem a direção do País e do Estado, respectivamente, também estariam inelegíveis. A este respeito, posso estar enganado, mais não acredito que em nenhum dos casos a Justiça Eleitoral decidirá este ano e, até quem sabe, no primeiro semestre do próximo ano.

Por Aldeci Xabier

Aldeci Xavier
Aldeci Xavier

PUBLICIDADE

///////////////////////////

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Dr. Newton Figueiredo, vice-presidente da ACI, defendeu o resgate do futebol local a partir da campanha

Montes Claros – Ação entre amigos da ACI e CDL em prol do Ateneu

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 7 de dezembro de 2016.Montes Claros – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).