Inicio » Norte de Minas » Norte de Minas – Prefeitura de Brasília de Minas apresenta balanço do setor de Saúde

Norte de Minas – Prefeitura de Brasília de Minas apresenta balanço do setor de Saúde

De acordo com o balanço geral apresentando à Câmara Municipal, em 2015 o município aplicou 27,4% do recurso, mesmo com a legislação exigindo o mínimo de 15% 

Secretária de Saúde, Poliana Veloso, apresenta o relatório à Câmara - Foto: Elson Lages
Secretária de Saúde, Poliana Veloso, apresenta o relatório à Câmara – Foto: Elson Lages

PUBLICIDADE

///////////////////////////

Em audiência pública realizada na Câmara Municipal, na última quarta-feira (11), a secretaria municipal de Saúde e o setor de Contabilidade da prefeitura de Brasília de Minas apresentaram o Relatório Anual de Gestão, referente ao ano de 2015.

Segundo a secretária de Saúde Poliane Martins Veloso, o objetivo foi apresentar o balanço geral dos trabalhos desenvolvidos pela secretaria, bem como aplicação dos recursos destinados ao sistema municipal de saúde.

Poliane Veloso ressalta que, apesar das dificuldades enfrentadas pelo setor em todo País, em 2015, o município aplicou, 27,4% do recurso, mesmo com a legislação exigindo o mínimo de 15%.

– Brasília de Minas tem aproximadamente 34 mil habitantes, mas é referência para cerca de 450 mil pessoas, devido às pactuações com os 16 municípios da microrregião, aumentando consideravelmente a demanda e tornando a saúde um dos setores mais desafiadores para a gestão municipal.  Esse grande volume de serviços requer uma gestão eficiente e comprometida e estamos trabalhando para garantir que o atendimento à população se mantenha de forma regular e com qualidade – explica a secretária. 

OFERTA DE SERVIÇOS

De acordo com Poliane Veloso, o hospital municipal Senhora Sant’Ana é segundo maior do Norte de Minas e o primeiro a prestar atendimento 100% pelo Sistema Único de Saúde (SUS) na região.

Segundo a secretária, além do hospital, o sistema de saúde pública de Brasília de Minas possui, atualmente, 100% de cobertura da Estratégia Saúde da Família, dispondo de onze unidades de saúde e cinco pontos de apoio nas comunidades rurais de Borá, Paracatu, Retiro, Vila de Fatima e Ribeirão Estreito. O município também dispõe de Centro de Especialidades Odontológicas (CEO); NASF; Vigilância Sanitária; Centro Estadual Atenção Especializada (CEAE); rede de atenção às Urgências e Emergências, inclusive com uma base avançada do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU); Centro Atenção Psicosocial (CAPS e CAPS AD3); Banco de Leite Humano; Laboratório Regional de Análises Clínicas, que atende a toda a microrregião, além de ser sede do Consórcio Intermunicipal de Saúde, o Cisnorte.

VIATOTAL

ViaTotal

///////////////////////////

– Nos próximos dias, o município também passará a contar com Academia da Saúde e Farmácia de Minas, reforçando principalmente o trabalho de prevenção, especialmente para os pacientes com doenças crônicas, como hipertensão e diabetes – completa Poliane.

A secretária avalia os resultados positivos como fruto do comprometimento da administração municipal em trabalhar com um planejamento adequado e responsável.

– Ainda temos muitos desafios, principalmente se consideramos a grave crise que instaurou no País, mas os resultados positivos nos mostram que estamos no caminho certo – conclui.

Agência Grande Norte Comunicação

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Cultura Moc - Festa Nacional do Pequi começa na próxima semana

Cultura Moc – Festa Nacional do Pequi começa na próxima semana

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 10 de dezembro de 2016.Cultura Moc – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).