Inicio » Norte de Minas » Norte de Minas – Maurílio Arruda de volta à lida em Januária

Norte de Minas – Maurílio Arruda de volta à lida em Januária

Norte de Minas – Maurílio Arruda de volta à lida em Januária

Simultaneamente à longa batalha jurídica que enfrenta para provar o que diz ser sua inocência, Arruda voltou a escrever livros e a ministrar palestras, além de concluir o doutorado que começou na Espanha.
Norte de Minas - Maurílio Arruda de volta à lida em Januária
Norte de Minas – Maurílio Arruda de volta à lida em Januária

O ex-prefeito de Januária, Maurílio Arruda começa, pouco a pouco, a retomar sua rotina de trabalho e palestras após ter descido ao Inferno de Dante, com duas prisões preventivas nas operações ‘Esopo’ e ‘Exterminadores do Futuro’, esta última há quase dois anos, seguida de temporada em prisão domiciliar.

Simultaneamente à longa batalha jurídica que enfrenta para provar o que diz ser sua inocência, Arruda voltou a escrever livros e a ministrar palestras, além de concluir o doutorado que começou na Espanha – atividades às quais se dedicava antes de passar pelo redemoinho que foi a sua gestão em Januária (2009/2012).

Arruda será um dos palestrantes durante o seminário ‘Capacitação em formação Política e gestão administrativa’ com um tema muito em voga. O ex-prefeito, um ardoroso crítico da judicialização da política, vai expor suas ideias sobre “O Poder Judiciário e as cassações e suspensões dos mandatos – O Judiciário como trincheira cidadã ou política?”.

O curso oferece ainda palestras com os temas Lei da Ficha Limpa, legislação eleitoral, responsabilidades dos partidos e candidatos e projeto de poder ou projeto de governo?. O juiz Frederico Espírito Santo e o professor e advogado Petrônio Braz participam de outras mesas temáticas.

Ainda sobre Arruda, ele garante de pés juntos que não planeja disputar a sucessão do prefeito Manoel Jorge de Castro (PT), em Januária, para quem perdeu a disputa pela reeleição em 2012.

O ex-prefeito diz que sua prioridade para agora é provar que é inocente das acusações do Ministério Público. Agora mesmo, ele atua junto ao Conselho Nacional de Justiça, em Brasília, com pedido de punição contra o que considera abuso de autoridade do juiz da 2ª Vara Cível da Comarca de Januária, Marco Antônio de Oliveira Roberto, em decisão que o deixa inelegível por três anos e meio, por suposto crime de improbidade administrativa em razão do suposto uso do informativo do município para promoção pessoal. O que Arruda, claro, nega. Também de pés juntos.

As informações são do portal www.luisclaudiogudes.com.br
------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Cultura Moc - Festa Nacional do Pequi começa na próxima semana

Cultura Moc – Festa Nacional do Pequi começa na próxima semana

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 10 de dezembro de 2016.Cultura Moc – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).