Inicio » Colunistas » Aldeci Xavier » Coluna do Aldeci Xavier – Preto no Branco

Coluna do Aldeci Xavier – Preto no Branco

Coluna do Aldeci Xavier – Preto no Branco

APOIO A DANILO NARCISO
Na coluna de ontem, fizemos o compromisso de divulgar nomes envolvidos em articulação pela disputa da prefeitura de Montes Claros. Informação levantada pela coluna dá conta de que o ex-deputado estadual e ex-vice-prefeito de Montes Claros, Pedro Narciso (PMDB), já articula apoio para candidatura a prefeito ou vice do seu filho, o médico Danilo Narciso. Os irmãos Ucho Ribeiro e Paulo Ribeiro foram um dos nomes procurados para engajar no projeto. Vale lembrar que Pedro foi vice-prefeito, justamente de Mário Ribeiro.

SÃO JOÃO DA PONTE
Informação que chega à coluna da conta de que o atual presidente da Câmara Municipal de São João da Ponte, Geraldo da Boa Vista, decidiu que vai para a disputa na majoritária em outubro. Ele teria fechado chapa como candidato a vice-prefeito, tendo Danilo Veloso, filho da ex-prefeita Gevarcina, como cabeça de chapa. A chapa teria apoio do ex-prefeito Fábio Madeira, que continua sendo a principal liderança do município.

JANUÁRIA
Com a desistência do atual prefeito Manoel Jorge (PT) em disputar a eleição, o grupo situacionista em Januária vem encontrando dificuldade na escolha do candidato a prefeito. Até agora não houve consenso, mas o nome de Dr. Marcelo Felix (PSB) vem tomando corpo. Pela oposição, já está definida a candidatura de Joãozinho Lima (PSDB) e, provavelmente Maurílio Arruda, se este não tiver nenhum impedimento legal.

HUMBERTO SOUTO
O ex-deputado Humberto Souto, pelo visto, para este ano resolveu mudar a forma de fazer política. Até bem pouco tempo acreditava que conseguiria chegar aos quatro cantos da cidade através do programa eleitoral, ou participação em programa de emissora de rádio de sua propriedade. Nesta semana, este jornalista teve acesso a vídeo onde aparece o ex-deputado em festa na área rural dançando forró com eleitora. Souto, que não era adepto a dança de salão, pelo visto tomou gosto.

FINGINDO DE MORTO
O jovem Leandro Tavares, que recentemente foi indicado pelo deputado federal Ademir Camilo (PTN) para superintendência da Codevasf, tem participado discretamente dos eventos na região, a exemplo da posse da Amams, na última segunda-feira, mediante a incerteza da sua permanência ou não na pasta. Informação que chega de Brasília-DF dá conta de que mudança na direção do órgão em Minas deverá acontecer ainda este mês. A queda de braço pela indicação continua entre os deputados peemedebistas Saraiva Felipe e Newton Cardoso Júnior.

BRASÍLIA DE MINAS
Pelo andar da carruagem, em Brasília de Minas, os partidos de oposição vêm encontrando dificuldade em montar chapa para a disputa majoritária. Até agora somente o grupo do atual prefeito Jairzinho Oliva (PT) definiu o nome que irá sucedê-lo. A candidata será Rosamélia Magalhães, esposa do médico e ex-prefeito Getúlio Magalhães, também conhecido como Getúlio Braga. Uma das possibilidades é que o atual vice-prefeito, Paulo Antônio, continue fazendo parte da chapa como vice de Rosamélia.

PT E PC DO B
O PT de Montes Claros, que antes do prazo final de filiação dos pré-candidatos afirmava que iria para a disputa proporcional com chapa própria, pelo visto mudou de ideia. A agremiação não conseguiu montar chapa completa com capacidade de viabilizar as candidaturas. Em conversa com o presidente da agremiação, Paulo Rogério, também conhecido como Paulão, este afirmou que o PT já definiu coligação na proporcional com o PC do B.

PT NA MAJORITÁRIA
E falando em PT de Montes Claros, a direção da agremiação não esconde a dificuldade que vem encontrando para definir o nome do candidato na disputa majoritária. O mais interessante é que o enfraquecimento da agremiação não tem como principal fator o afastamento da presidente Dilma Rousseff. A maior preocupação da agremiação no município é a falta de recursos do governo do Estado e a incerteza do que pode acontecer com o governador Fernando Pimentel, acusado de prática de irregularidades quando ministro da República, e no processo eletivo de 2014.

MANGA
Em conversa com este jornalista, o presidente da Avams e vereador pelo município de Manga, Leonardo Pinheiro (PSB), garante que de fato é candidato a prefeito naquele município. A este respeito, sem querer duvidar do dirigente da Associação dos Vereadores, ainda não fui convencido de que, na prática, ele pretende tocar o projeto até o fim. Independentemente de ser primo do atual prefeito Anastácio Guedes, que vai para disputa à reeleição, Léo Pinheiro faz parte do mesmo grupo, inclusive é aliado do deputado Paulo Guedes, irmão do atual prefeito. Aliás, perguntei se seria candidato pela oposição ou situação, e este não respondeu. Até o fechamento da coluna, Léo não tinha anunciado o seu afastamento da direção da Avams para participar da disputa.

Por Aldeci Xavier

Aldeci Xavier
Aldeci Xavier
------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).