Inicio » Norte de Minas » Norte de Minas – Consulta pública define cursos a serem ofertados em Brasília de Minas

Norte de Minas – Consulta pública define cursos a serem ofertados em Brasília de Minas

Norte de Minas – Consulta pública define cursos a serem ofertados em Brasília de Minas

Uma consulta pública será realizada nesta quinta-feira (02/06), em Brasília de Minas, região Norte do Estado, para alinhamento dos cursos a serem ofertados pela escola técnica do programa Brasil Profissionalizado, que está sendo construída no município. A audiência será realizada de 14h às 17h30, na sede da OAB (Rua Juca Mendes, 110 – Bairro Santa Rita).

Norte de Minas - Consulta pública define cursos a serem ofertados em Brasília de Minas
Norte de Minas – Consulta pública define cursos a serem ofertados em Brasília de Minas

 

Realizada pelo governo de Minas, através das secretarias de Estado de Educação (SEE) e de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectes), em parceria com a Prefeitura de Brasília de Minas, o objetivo é apresentar as propostas de cursos profissionalizantes a serem oferecidos na unidade e ouvir a comunidade.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

A consulta também irá ajudar na orientação de demandas por laboratórios especializados necessários e identificar as possibilidades de captação de recursos para equipá-los.

Durante a consulta pública, será realizada a apresentação do programa Brasil Profissionalizado, da estrutura da escola técnica, das fases e conclusão da obra e, em seguida, a apresentação dos estudos sobre os cursos, quando a comunidade terá a oportunidade de apresentar sugestões. O processo que definirá a oferta dos cursos é conduzido pela Sectes e pela SEE, em parceria com a Prefeitura de Brasília de Minas e a Unimontes.

Jair Oliva Junior, prefeito de Brasília de Minas, destaca que as audiências são um importante instrumento de participação popular no processo de definição dos eixos temáticos e dos cursos a serem ofertados.

– É um momento em que a população tem a oportunidade de conhecer em detalhes o projeto da escola técnica e opinar sobre a necessidade de qualificação – observa o prefeito.

Para o prefeito, a escola técnica vai ampliar a oferta de cursos de qualificação, preparando, principalmente os jovens, para o mercado de trabalho.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

ESCOLA TÉCNICA

A escola técnica de Brasília de Minas é uma das 13 unidades que estão sendo construídas em Minas Gerais, numa parceria entre o governo federal e estadual.

Para a construção da unidade foram investidos cerca de R$ 8 milhões do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e de aproximadamente R$ 3 milhões provenientes do governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Educação (SEE). Em contrapartida, o Município é responsável pela doação do terreno, pavimentação do acesso e disponibilidade de redes de água, esgoto e energia elétrica.

– É uma obra complexa, demorada, com grande demanda de recursos. Mas o Estado já liberou o recurso que faltava para finalizar o projeto e as obras serão retomadas – explica o prefeito.

De acordo com a Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes), responsável pela condução do programa em Minas Gerais, a unidade de Brasília de Minas está bem adiantada e a conclusão das obras e inauguração da unidade acontecerá até o fim do ano.

Por Grande Norte Comunicação

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

MG - Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

MG – Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 5 de dezembro de 2016.MG – Jovem …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).