Inicio » Educação » Uaitecs democratizam acesso à formação profissional em Minas Gerais

Uaitecs democratizam acesso à formação profissional em Minas Gerais

Uaitecs democratizam acesso à formação profissional em Minas Gerais

Polos de educação a distância levam oportunidades a diversas regiões mineiras, com cursos de qualificação, profissionalizantes, graduação e pós-graduação.

A Rede Uaitec se insere no programa Minas Digital da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior
A Rede Uaitec se insere no programa Minas Digital da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior

 

Vagas ilimitadas para mais de 70 cursos de capacitação e qualificação profissional em Educação a Distância (Ead), 24 mil vagas nos seis cursos profissionalizantes em Tecnologia da Informação (TI) e outras 10 mil vagas nos cursos de idiomas de Inglês e Espanhol.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

Este é o panorama da Rede Uaitec – Universidade Aberta e Integrada de Minas Gerais –, iniciativa estadual que tem como missão ampliar, democratizar e interiorizar o acesso a conteúdos pedagógicos, além de contribuir para a qualificação da mão de obra em Minas Gerais.

A Rede Uaitec se insere no programa Minas Digital da Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectes). Compõem a rede, unidades instaladas em diferentes regiões do estado, que são verdadeiros polos de educação a distância.

O diferencial está justamente na possiblidade de oferta gratuita de cursos de graduação e pós-graduação, bem como cursos de formação e qualificação profissional. Tudo isso de forma gratuita e em total alinhamento com as demandas do mercado de trabalho e a vocação dos territórios de desenvolvimento.

“As Uaitecs ofertam cursos que vão desde a inclusão digital, passando por cursos profissionalizantes e capacitação para o mercado de trabalho, gerenciais, idiomas, e cursos específicos e atuais voltados para o segmento de Tecnologia da Informação” destaca o superintendente de Inovação da Sectes, Olivan Rodriguez.

“Localmente, as Uaitecs também podem e são estimuladas a formalizarem parcerias com o SINE e demais órgãos de colocação no mercado de trabalho. As unidades, inclusive, possuem demandas de empresas locais para capacitação e possível admissão após a conclusão”, completa.

Atualmente, segundo dados da Sectes, há Uaitecs em mais de 110 municípios mineiros, considerando-se as unidades a serem implantadas em 2016, com benefício direto a mais de 300 mil pessoas. Para fortalecer e estimular a formação profissional dos mineiros, o orçamento anual previsto é de R$ 18 milhões, numa ação que também conta com o apoio de prefeituras, universidades, órgãos de governo, entidades de classes, empresas e entidades do terceiro setor.

content_arte-fernanda

Nova realidade

Entre 2015 e 2016, ainda segundo a Superintendência de Inovação da secretaria, mais de 220 mil pessoas foram matriculadas nos cursos disponibilizados em todo o estado, em busca de qualificação profissional.  Alunos como Sandra Helena Silvada Uaitec de Papagaios, no Território Metropolitano.

“Tive muitas oportunidades aqui. Fiz os cursos de Garçom, Cuidador de Idosos, Costura, Cabeleireiro. Este ficou marcado para mim. Aprendi e adoro cortar cabelo”, conta. “Minha filha também fez um curso, o de Operador de Caixa, e já foi trabalhar. Conheço muitas pessoas que fizeram cursos e têm trabalho. Os cursos são muito bons. A pessoa que não agarra a oportunidade está perdendo. Só temos a ganhar”, ressalta Sandra.

No polo Uaitec em Prata, no Território Triângulo Norte, a empreendedora Fernanda Freitas encontrou o suporte que precisava para o trabalho na empresa do ramo alimentício, com os cursos de “Higiene e Vigilância Sanitária de Alimentos” e “Aproveitamento de Alimentos.”

Hoje, revela Fernanda, “tenho autoridade para assinar documentos como responsável da empresa. Só tenho a agradecer”, afirma, satisfeita com as oportunidades de fomento à cultura empreendedora. “Espero que todos também possam ganhar conhecimento. Estudo nunca é pouco”, acrescenta.

content_arte-sandra

Além de encontrar opções nas unidades, também é possível que os alunos relatem seus interesses em cursos, no portal da Rede Uaitec, justamente para adaptar e incrementar o portfólio de cursos a distância disponibilizados gratuitamente para a população.

“Essas unidades são referenciais para que toda a população possa trocar experiências em um ambiente único”, reforça Olivan Rodriguez. “Servem para qualificar e preparar os cidadãos mineiros para o mercado de trabalho e tornar os municípios mais fortes e competitivos, fortalecendo a economia local e regional”, conclui o superintendente.

Os interessados vão encontrar, em cada polo Uaitec, a seguinte estrutura com todos os ambientes acessíveis a pessoas com deficiência: duas salas de Educação a Distância, com capacidade média de 25 alunos em cada uma (todas com sistema de videoconferência, TVs de LED, além de Lousa Interativa Digital com Sistema Multimídia); salas de Informática; acesso a Laboratórios Virtuais; acesso a várias Bibliotecas Virtuais.

Os interessados podem obter mais informações sobre as Uaitecs em www.uaitec.mg.gov.br.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

MG - Um a cada cinco jovens mineiros é "nem-nem", que nem trabalha nem estuda

MG – Um a cada cinco jovens mineiros é “nem-nem”, que nem trabalha nem estuda

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. MG – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).