Inicio » Colunistas » Aldeci Xavier » Coluna do Aldeci Xavier – Preto no Branco

Coluna do Aldeci Xavier – Preto no Branco

Coluna do Aldeci Xavier – Preto no Branco

PAROU O PROCESSO
Os últimos acontecimentos em Montes Claros, em especial o afastamento do prefeito Ruy Muniz, serviu para por fim a uma série de especulações, inclusive sobre o que representa sua candidatura dentro do processo. Hoje, é possível afirmar que o acontecimento parou a discussão em torno do processo político, deixando principalmente os candidatos de oposição desarticulados. No primeiro momento, todos imaginavam que o episódio deixaria o caminho livre para as articulações. O que se vê é totalmente o contrário. Os projetos simplesmente não avançaram, apesar de algumas conversas tímidas de bastidores. Temos como exemplo o PT, que ainda não conseguiu definir que caminho tomar, ou encontrar um parceiro de peso. Outra candidatura seria a do PPS, que tem Humberto Souto como candidato na disputa majoritária. Mesmo não tendo pesquisa oficial, há uma demonstração clara que a campanha estagnou. Até agora também não conseguiu avançar nas tentativas de negociação com o PP de Gil Pereira e o PDT de Carlos Pimenta. No caso do deputado Gil, este não esconde o interesse em enfrentar as urnas em outubro, o que irá decidir depois do dia 15 deste mês. Pelo visto, já não é mais prudente subestimar a candidatura Ruy Muniz.

ISAÍAS CALDEIRA NO PRÊMIO INNOVARE
O conceituado e respeitado juiz Isaías Caldeira é o único de Minas Gerais cotado para receber o Prêmio Innovare. O magistrado faz parte do projeto coordenado pelo professor Ilson Lisboa, ‘Direito e Cidadania nas Escolas’, e que conta com a participação de outros professores. Neste sábado, representantes do Supremo e do Data Folha estarão em Montes Claros para um encontro com Isaías Caldeira e outros integrantes do projeto.

ADAUTO MARQUES
O presidente da Fiemg Regional Norte, Adauto Marques (PP), em conversa com este jornalista, comentou que o seu pedido de afastamento da direção do Dnocs em Minas Gerais não teve como principal motivação a sucessão municipal. Segundo ele, o principal motivo foi o fato de o Ministério da Integração Nacional, do qual o órgão é subordinado, ter sido entregue a outro partido que não o seu, e por questão ética, achou melhor deixar o espaço livre. De qualquer forma, ressaltou que apesar de não ter discutido o assunto dentro do PP, a decisão também é uma forma de ficar livre para atender uma necessidade do partido, caso ela aconteça.

JANAÚBA
Estive, na última sexta-feira, em Janaúba (3), visitando a exposição agropecuária do município, quando aproveitei para colher informações sobre o processo sucessório na cidade, de forma a aproximar de uma análise fiel à realidade. Hoje, é possível dizer que o processo está indefinido e que nomes como o dos ex-prefeitos Ivonei Abade (PSDB) e Zé Benedito (PT) podem influenciar diretamente no resultado. Fica claro que, grosso modo, a disputa estaria entre o ruralista Zé Aparecido Mendes e o ex-prefeito Aldimar Rodrigues. Ivonei Abade, que não é candidato, continua sendo a principal liderança do município e já definiu que apoia o vereador Isailton. Resta saber o peso que terá na transferência de voto. O certo é que a escolha do vice pode selar o processo. Mesmo não tendo bola de cristal, também é possível afirmar que, no momento, Zé Aparecido tem sido mais bem avaliado pelo eleitorado janaubense.

SEDINOR E SEDRU
O que coloca por terra todas as especulações de que o deputado estadual Paulo Guedes estaria credenciado para oferecer a direção da Sedinor a quem quer que seja está no fato de que, em entrevista recente feita com o novo diretor adjunto do órgão, Gustavo Xavier (PT), este informou que não foi indicado titular porque houve um acordo entre o PT e o PMDB de só indicar alguém para a Sedinor e a Sedru, cujos titulares eram respectivamente os deputados Paulo Guedes e Tadeu Martins Leite, depois da votação da Reforma Administrativa, ou após as convenções municipais. É que, a princípio, estes retornaram ao referido cargo.

TADEUZINHO E A SEDRU
Pelo andar da carruagem, o deputado estadual Tadeu Martins Leite não está certo de que retornará à direção da secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional, Política Urbana e Gestão Metropolitana. O parlamentar já teria comentado o assunto com pessoas próximas. Vale lembrar que assim que retornou à Assembleia Legislativa, Tadeuzinho foi indicado vice-presidente da Comissão de Constituição e Justiça, que é a principal daquela casa.

Por Aldeci Xavier

Aldeci Xavier
Aldeci Xavier
------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Montes Claros – Confira os destaques policiais das últimas 24h

Montes Claros – Confira os destaques policiais das últimas 24h

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 7 de dezembro de 2016.Montes Claros – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).