Inicio » Norte de Minas » Norte de Minas – Homem mata desafeto com um tiro no rosto e golpes de facão na nuca em Montalvânia

Norte de Minas – Homem mata desafeto com um tiro no rosto e golpes de facão na nuca em Montalvânia


Reviewed by:
Rating:
5
On 10 de junho de 2016
Last modified:10 de junho de 2016

Summary:

Norte de Minas - Homem mata desafeto com um tiro no rosto e golpes de facão na nuca em Montalvânia

Norte de Minas – Homem mata desafeto com um tiro no rosto e golpes de facão na nuca em Montalvânia

Um homem de 39 anos tirou a vida de seu desafeto com um tiro no rosto e golpes de facão na nuca, dentro de um bar, em Montalvânia, no Norte de Minas Gerais, na noite dessa quinta-feira (09/06/2016).

Norte de Minas - Homem mata desafeto com um tiro no rosto e golpes de facão na nuca em Montalvânia
Norte de Minas – Homem mata desafeto com um tiro no rosto e golpes de facão na nuca em Montalvânia

 

Como se não bastasse o crime, o suspeito deixou o local, na zona rural da cidade, contando o feito pelo caminho: “acabei de matar uma pessoa no Bar da Celina e agora vou embora”, teria dito.

VIATOTAL

ViaTotal

///////////////////////////

Segundo relato de uma testemunha à Polícia Militar (PM), Donizete Correa dos Santos, 24, chegou ao bar e pediu uma cachaça. Ele foi servido e segundo depois, o suspeito entrou no comércio, que fica no Povoado Janaína, com uma arma polveira em punho. Atirou, acertando o rosto de Santos.

Ainda, não satisfeito, sacou um facão e dizendo “vou acabar de matar” e deu vários golpes na nuca da vítima, que ficou sentada em uma cadeira de plástico sangrando.

Santos chegou a ser socorrido por equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e foi encaminhado para um hospital, mas deu entrada já sem vida.

O Boticário

///////////////////////////

Na cintura da vítima havia uma faca, que foi apreendida. O corpo dele foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Januária, na mesma região.

A PM procurou pelo suspeito, mas não o encontrou. A mãe dele, contudo, contou que os dois homens já tinha se desentendido e que Santos agrediu o filho dela, além de ameaçá-lo de morte.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).