Inicio » Colunistas » Aldeci Xavier » Coluna do Aldeci Xavier – Preto no Branco

Coluna do Aldeci Xavier – Preto no Branco

Coluna do Aldeci Xavier – Preto no Branco

NOVELA DA MEDALHA
Segundo apurou a coluna, a novela da escolha do nome para receber no dia 3 de julho, data de comemoração do aniversário da cidade, a Medalha Ivan José Lopes de Honra a Montes Claros, está longe de chegar ao seu capítulo final. Na terça-feira, os vereadores Cláudio Prates e André Ricardo, apresentaram o nome do delegado federal Marcelo de Freitas para ser homenageado. A indicação teria sido um compromisso da bancada de oposição naquela casa. A grande novidade é que 12 vereadores da base governista apresentaram o nome do prefeito em exercício José Vicente de Medeiros (PMDB) para ser homenageado. A decisão agora é do presidente da Câmara, vereador Marcos Nem, que define se acata ou não as sugestões apresentadas. De qualquer forma, antes mesmo de qualquer decisão, é impossível evitar o constrangimento, seja para Zé Vicente ou para o delegado Marcelo Freitas.

CONSTRANGIMENTO
Desde o início da discussão da escolha do nome para receber a principal comenda do município, este jornalista escreveu que apesar de a medalha ser cunhada a ouro, havia, antecipadamente perdido todo o seu brilho e passou a ser objeto de constrangimento para os nomes em questão. É possível reconhecer que os nomes apresentados têm o seu valor, seu mérito, e acima de tudo o direito e predicados para receber a comenda. Entretanto, estes não poderiam ser submetidos ao constrangimento sendo colocados em meio a uma disputa política fora do contexto.

VENDENDO ILUSÃO
É só iniciar o processo eleitoral que a população é surpreendida com a divulgação de falsas promessas. O caso mais recente aconteceu nesta semana, quando politico da região divulgou e postou nas redes sociais informação de que o diretor-geral do DER/MG, Célio Dantas, apresentou a conclusão de estudos que definiu local para a construção da futura ponte sobre o Rio São Francisco, na ligação entre os municípios de Manga a Matias Cardoso. A essa altura do campeonato, tal divulgação não passa de tentativa de iludir o eleitor, já que a possibilidade de pensar na construção da referida ponte antes de 2019 é zero. O País e o Estado não vêm tendo recursos sequer para custear as obrigações básicas.

TAIOBEIRAS
Faltando pouco para o início das convenções municipais, em Taiobeiras, pelo andar da carruagem, o quadro não teve nenhum avanço. A coligação anunciada desde o ano passado entre o atual prefeito Danilo Mendes (PSDB) e o empresário Carlito Arruda (PMDB) não avançou, fazendo com que o processo retorne a estaca zero. Apesar de bem avaliado, Carlito, até o presente momento não definiu se vai ou não enfrentar as urnas em outubro. A outra informação é de que o advogado e empresário José Messias Pereira Mota (PRB) já definiu que é candidato na disputa pela prefeitura de Taiobeiras.

OPERAÇÃO ACRÔNIMO
A chamada Operação Acrônimo, que investiga supostas ilegalidades cometidas pela campanha do governador de Minas, Fernando Pimentel (PT), depois da prisão e delação do empresário Benedito Rodrigues de Oliveira, conhecido como Bené, deixa evidente que terá influência direta nas eleições municipais deste ano. Para se ter ideia, várias candidaturas a prefeito no interior do Estado se encontram em stand by (em espera). Por coincidência, pré-candidatos de cidades onde existe a suspeita de que teriam recebido recursos ilícitos nas eleições de 2014 estão desistindo de se candidatar, ou adiando a decisão. Apesar de não ter sido divulgado todo teor da delação, existe a possibilidade de que o assunto possa vir à tona justamente quando iniciarem as campanhas.

PSOL
Antes mesmo de enfrentar o processo eletivo, o PSOL de Montes Claros vem encontrando dificuldade para aglutinar forças. A agremiação não vem conseguindo, sequer, reunir seus candidatos e militantes. Para se ter ideia, na reunião marcada para a última quarta-feira, o plenário antigo da Câmara Municipal, compareceram apenas sete pessoas.

PARTIDO DA MULHER
O Partido da Mulher Brasileira (PMB), em Montes Claros, já começa a se movimentar para apresentar chapa de candidatos na proporcional e majoritária. A agremiação já definiu que vai para a disputa majoritária. A pré-candidata à prefeitura do município pelo PMB é a vice-presidente estadual do partido, Gláucia Rodrigues, que é funcionária licenciada da secretaria de Estado da Fazenda de Minas.

Por Aldeci Xavier

Aldeci Xavier
Aldeci Xavier


------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Cultura Moc - Festa Nacional do Pequi começa na próxima semana

Cultura Moc – Festa Nacional do Pequi começa na próxima semana

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 10 de dezembro de 2016.Cultura Moc – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).