Inicio » Internacional » Europa » Papa Francisco afirma que a maioria dos casamentos católicos não são válidos

Papa Francisco afirma que a maioria dos casamentos católicos não são válidos


Reviewed by:
Rating:
5
On 17 de junho de 2016
Last modified:17 de junho de 2016

Summary:

Papa Francisco afirma que a maioria dos casamentos católicos não são válidos

Papa Francisco afirma que a maioria dos casamentos católicos não são válidos

O papa Francisco afirmou que a maioria dos matrimônios católicos são nulos por terem sido contraídos por jovens que não compreendem o sentido deste compromisso eterno, segundo declarações recolhidas nesta sexta-feira (17/06/2016) pelos jornalistas.

Papa Francisco afirma que a maioria dos casamentos católicos não são válidos
Papa Francisco afirma que a maioria dos casamentos católicos não são válidos

“A maioria dos matrimônios sacramentais é nula porque os jovens dizem ‘sim, para toda vida’, mas não sabem o que isso significa”, comentou o papa na basílica de São Pedro, falando diante de inúmeros fiéis e sacerdotes da diocese de Roma, respondendo de maneira espontânea às perguntas sobre os últimos sínodos sobre a família.

“Os jovens não sabem o que dizem porque têm outra cultura (…) têm boa vontade, mas não são conscientes”, insistiu.

Francisco já mencionou várias vezes a nulidade dos casamentos contraídos por convenção social, de maneira precipitada, sem preparação, seja porque a noiva estava grávida ou porque sonhava com o vestido de noiva e a festa.

A assessoria de imprensa do Vaticano, depois de publicadas estas declarações, tentou retificar algumas.

Segundo o texto oficial, o papa falava de uma parte e não da maioria dos casamentos.

O casamento católico é um sacramento indissolúvel e não admite o divórcio, mas Francisco mudou no ano passado os procedimentos de reconhecimento de nulidade do matrimônio – o que quer dizer que o sacramento jamais existiu – ante os tribunais eclesiásticos, para simplificá-los, acelerá-los e torná-los menos onerosos.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).