Inicio » Nacional » Coca, Pepsi e Ambev não vão mais vender refrigerante em escolas do Brasil

Coca, Pepsi e Ambev não vão mais vender refrigerante em escolas do Brasil


Reviewed by:
Rating:
5
On 22 de junho de 2016
Last modified:22 de junho de 2016

Summary:

Coca, Pepsi e Ambev não vão mais vender refrigerante em escolas do Brasil

Coca, Pepsi e Ambev não vão mais vender refrigerante em escolas  do Brasil

A Coca-Cola, a Pepsi e a Ambev anunciaram nesta quarta-feira que não vão mais vender refrigerante a escolas no país. Segundo o acordo, as fabricantes entregarão apenas água mineral, sucos com 100% de fruta, bebidas lácteas e água de coco em estabelecimentos voltados a crianças de até 12 anos.

Coca, Pepsi e Ambev não vão mais vender refrigerante em escolas  do Brasil
Coca, Pepsi e Ambev não vão mais vender refrigerante em escolas do Brasil

 

De acordo com o comunicado das companhias, o novo portfólio tem como referência diretrizes de associações internacionais de bebidas. “Novos produtos lançados pelas empresas poderão ser incluídos, no futuro, seguindo essas referências”, diz o comunicado.

Natura

///////////////////////////

Ainda de acordo com as empresas, “crianças abaixo de 12 anos não têm maturidade suficiente para tomar decisões de consumo”, pré-requisito para a escolha de uma alimentação mais balanceada. Coca, Pepsi e Ambev afirmam que estão trabalhando com a Associação Brasileira da Indústria de Refrigerantes e Bebidas Não-Alcoólicas (Abir) para que a decisão seja acatada por outras representantes do setor.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).