Inicio » Nacional » Lava Jato – Ex-ministro Paulo Bernardo é preso pela Polícia Federal

Lava Jato – Ex-ministro Paulo Bernardo é preso pela Polícia Federal

Lava Jato – Ex-ministro Paulo Bernardo é preso pela Polícia Federal

O ex-ministro das Comunicações Paulo Bernardo foi preso na manhã desta quinta-feira (23/06/2016) pela Polícia Federal em Brasília. Ele estava no apartamento funcional de sua mulher, a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR).

O ex-ministro Paulo Bernardo é casado com a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR)
O ex-ministro Paulo Bernardo é casado com a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR)

 

Paulo Bernardo foi preso no âmbito da Operação Custo Brasil, que é um desdobramento da fase Pixuleco 2 da Operação Lava Jato, de agosto de 2015.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

Ao todo, a PF cumpre 11 mandados de prisão preventiva (um deles contra o ex-ministro), 14 de condução coercitiva (quando a pessoa é levada para prestar esclarecimento e depois é liberada) e 40 de busca e apreensão nos Estados de São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul, Pernambuco e Distrito Federal.

Os mandados foram autorizados pala 6ª Vara Criminal de São Paulo. Neste momento, carros da PF estão em frente ao diretório nacional do PT, no centro da capital paulista.

 


------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

MG - Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

MG – Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 5 de dezembro de 2016.MG – Jovem …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).