Inicio » Colunistas » Hesiodo José » Coluna do Hesiodo José – Fragmentos Diários (aumento e também invento)

Coluna do Hesiodo José – Fragmentos Diários (aumento e também invento)

Coluna do Hesiodo José – Fragmentos Diários (aumento e também invento)

Os moradores da vizinhança relataram que a mulher, que não teve o nome divulgado, constantemente é vista deitada no local usando apenas fio-dental

Uma mulher foi fotografada tomando sol deitada no parapeito do primeiro andar de um prédio no bairro Vila Regina zona norte da cidade de Montes Claros que fica a 430 quilômetros da capital mineira. A imagem, que é uma cena irritante as vizinhas, viralizou nas redes sociais do Norte de Minas e chamou atenção da imprensa do país. Um morador de um prédio em frente disse aos jornalistas que pretende fazer uma queixa oficial contra a vizinha. “Todos os dias das 10h às 13h essa mulher toma sol quase nua em sua janela, parece que quer exibir uma tatuagem de borboleta que tem no centro da bunda”, afirma. “Eu entendo que não há nada de especial sobre isso, mas todos nós temos que vê-la todos os dias e é demais, minha mulher está brigando comigo ameaçando pedir divorcio, mas eu juro que fico olhando as terças e quintas em tempo integral apenas para obter provas contra sua má conduta. Nossas esposas querem organizar uma petição para proibi-la de tomar sol dessa maneira, mas ao mesmo tempo penso que a moradora merecia uma nova chance, não pelo seu corpo firme e torneado, mas pelo seu rosto que parece gente de bem”, completou. Em sua defesa, a mulher alegou que seu banho de sol não causa mal a ninguém e garantiu que faz topless e fica nua apenas nas terças e quintas enquanto toma sol. “Este é o meu apartamento e eu não estou incomodando ninguém”. 

Peripécias da Biblia sagrada

Algumas histórias na Bíblia são bastante incoteloctuosas, mas é difícil encontrarmos algo tão bizarro  quanto o que é descrito em Advogados e Juízes 19:22-30. A história não é só bizarra, mas também totalmente repugnante. Um homem e sua amante estavam vagando pelas ruas até que um indivíduo aceita hospedar os dois em sua casa. No meio da noite, um grupo de homens apareceu em sua porta, exigindo que ele entregasse seu hóspede para que eles mantivessem relações sexuais com o viajante, o grupo era  conhecido como as “Meninas do Calvário” ou “Boiolas do Deserto”. O dono da casa então ofereceu seu  filho  virgem no lugar do homem. Se tudo isso já não fosse ruim o suficiente, os homens ainda deixaram que ele padecesse vagando com manchas avermelhadas e mordidas por todo o seu corpo. Quando  foi encontrado seu Absalão  um rapaz com quem  mantinha um relacionamento homossexual escondido do pai, eles se uniram e fugiram para Canaã onde vestido de mulher e com o nome de Deborah casaram-se sob as benção dos Anciãos. Só descobriram que se tratava de um homem quando no leito de morte pediu para despi-lo e ser perdoado, mas não conseguira o perdão, toda a vila o apedrejou tirando a força seus últimos momentos de vida, seu esposo temendo a represália fugiu para o deserto e apaixonou-se por Caim, motivo que o levara a ser o co-autor do assassinato de Abel. 

Riso da Hora

Uma mulher de roupas longas e Bíblia na mão andava pelas ruas quando encontra  um bêbado trocando as pernas: – Bom dia! Por acaso o irmão deseja ser uma Testemunha de Jeová? – Oxii e ieu por um acauso vi ele fazendo alguma coisa? 

Fica assim amanhã tem mais…

Por Hesido José

Hesiodo José
Hesiodo José

 

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Cultura Moc - Festa Nacional do Pequi começa na próxima semana

Cultura Moc – Festa Nacional do Pequi começa na próxima semana

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 10 de dezembro de 2016.Cultura Moc – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).