Inicio » Nacional » Polícia Federal deflagra operação contra tráfico de drogas em três Estados

Polícia Federal deflagra operação contra tráfico de drogas em três Estados

Polícia Federal deflagra operação contra tráfico de drogas em três Estados

A Polícia Federal do Paraná deflagrou nesta quarta-feira (29/06/2016) a operação Quijarro, focada na desarticulação de uma organização criminosa internacional de tráfico de drogas e lavagem de dinheiro nos Estados do Paraná, Mato Grosso do Sul e São Paulo.

Polícia Federal deflagra operação contra tráfico de drogas em três Estados
Polícia Federal deflagra operação contra tráfico de drogas em três Estados.

 

Policiais federais cumprem 81 mandados judiciais, sendo 14 de prisão preventiva, 17 de busca e apreensão em imóveis, 43 de busca e apreensão de veículos e 7 de condução coercitiva nas cidades de Londrina e Araucária (PR), Corumbá (MS), Martinópolis, Presidente Prudente e São Paulo.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

O nome da operação é Quijarro porque a droga entrava no Brasil pelo porto de mesmo nome, que fica na Bolívia e faz fronteira com Corumbá (MS).

Segundo as investigações, que começaram em janeiro de 2015, um grupo que organizava a logística do transporte da cocaína estava instalado em Londrina, e tinha ramificações no Brasil, Bolívia, Colômbia e Espanha.

A Polícia Federal agiu em cooperação com a polícia boliviana, que prendeu alguns dos traficantes mais procurados daquele país, responsáveis pelo ingresso de duas toneladas de cocaína por mês no Brasil. Segundo investigadores, a cocaína era transportada em caminhões com fundos falsos.

Durante os trabalhos, mais de três toneladas de cocaína foram apreendidas, cerca de US$ 10 milhões foram sequestrados do núcleo boliviano e foram identificados no Brasil os imóveis que eram utilizados como entrepostos para o carregamento, descarregamento e confecção de “fundos falsos”. Foram sequestrados até o presente momento sete imóveis no Brasil e bloqueadas contas bancárias dos investigados.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

Os presos responderão pelos crimes de tráfico internacional de drogas, lavagem de dinheiro, associação para o tráfico, falsificação de documentos públicos e privados, furto, roubo, homicídio e organização criminosa.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).