Inicio » Minas Gerais » MG – Casos de dengue sobem 206% nos seis primeiros meses do ano em Minas Gerais

MG – Casos de dengue sobem 206% nos seis primeiros meses do ano em Minas Gerais

MG – Casos de dengue sobem 206% nos seis primeiros meses do ano em Minas Gerais

Após se tornar em maio o ano com maior número de casos de dengue da história de Minas Gerais, 2016 registrou nos seus seis primeiros meses um aumento de 206,4% nos casos suspeitos da doença, com 518.656 registros, em comparação com o mesmo período de 2015 – quando foram 169.238 casos. Além disso, o número já supera em 164,4% os registros de todo o ano passado (196.136).

MG - Casos de dengue sobem 206% nos seis primeiros meses do ano em Minas Gerais
MG – Casos de dengue sobem 206% nos seis primeiros meses do ano em Minas Gerais.

 

Os números, que trazem os registros feitos até a última segunda-feira (27), são do Boletim Epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde (SES), divulgado nesta quarta-feira (29). Ao comparar o número de registros deste ano com todos os casos de 2013, que deteve o recorde até maio com 414.548 pessoas infectadas, o aumento é de 25%.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

Aquele ano também perdeu o título de maior número de mortes por dengue (117 pessoas foram vitimadas em 2013) para 2016, que já registra 163 óbitos. As vítimas fatais da doença deste ano já superaram em 114,4% as mortes do ano passado, que teve 76 registros. Além disso, existem ainda 161 mortes que são investigadas pelo Estado, o que pode elevar ainda mais estes índices.

Das 163 mortes deste ano, 39 foram em Belo Horizonte e 35 em Juiz de Fora, na Zona da Mata. A terceira cidade com maior número de óbitos é Uberaba (8), no Triângulo, seguida de Itaúna (6), Divinópolis (5) e Pará de Minas (5), todas na região Centro-Oeste do Estado, e Contagem (5), na região metropolitana.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

Outras

O balanço da secretaria traz ainda os números do zika vírus e da febre chikungunya, doenças que também são transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti. Até o momento foram confirmados 4.344 casos de zika em Minas, sendo 298 com confirmação laboratorial e 4.046 que foram encerrados pelo critério clínico epidemiológico. Além disso, 9.607 casos da doença são investigados.

Foram confirmados ainda 275 casos de gestantes com doença aguda pelo vírus zika e 118 notificações de acompanhamento da microcefalia, sendo que, destes, três tiveram a relação com a doença confirmada.

Já no caso da chikungunya, são 1.784 notificações, sendo 93 confirmadas, 972 descartadas e 719 que seguem em investigação. Dos casos confirmados, 48 contaminações foram importadas de outros estados e 45 ocorreram em Minas Gerais. Santa Luzia é a cidade com maior número de casos da doença (17), à frente até mesmo da capital, que teve 15 registros.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).