Inicio » Montes Claros » Montes Claros – ACI instala Câmara Setorial para fortalecer pautas em Montes Claros

Montes Claros – ACI instala Câmara Setorial para fortalecer pautas em Montes Claros

Montes Claros – ACI instala Câmara Setorial para fortalecer pautas em Montes Claros

O conceito de Câmara Setorial está fortemente relacionado com a ideia de um agrupamento de representantes dos organismos, órgãos e entidades, públicas e privadas, que compõem os elos de uma cadeia produtiva de determinado setor econômico, que tem por substrato um ou mais produtos.

Montes Claros - ACI instala Câmara Setorial para fortalecer pautas em Montes Claros
Montes Claros – ACI instala Câmara Setorial para fortalecer pautas em Montes Claros

 

Em reunião da diretoria, a Associação Comercial decidiu retomar a instalação de grupos de trabalho com temas específicos para buscar soluções para a sociedade. Fernando Deusdará, diretor social e ex-presidente da entidade, relatou que, no passado, as câmaras setoriais fizeram parte da ACI, mas que ao longo dos anos acabaram por se esvaziarem até sua extinção. “Com todo apoio da Diretoria da ACI estamos vivenciando um novo período de sucesso e de contribuições à Montes Claros”.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

A primeira a ser lançada foi a Câmara Saúde, no dia 31 de maio, com presença maciça da diretoria da ACI e de representantes de hospitais.  “É mais uma iniciativa que visa estreitar os laços entre o poder privado e o poder público na busca de soluções para nossa cidade. Ter a representatividade da ACI em assuntos que interferem na qualidade de vida de todos sempre fez parte do perfil associativista”, pontuou Edilson Torquato.

Numa segunda reunião, no último dia 21, estiveram na reunião, os diretores Dr. Newton Figueiredo, João Paculdino Ferreira, Giovanni Alcici; bem como os representantes dos hospitais: Antônio Batista Medeiros, Hospital Aroldo Tourinho, Maria Fernanda Mendes Martins, Hospital Universitário Clemente de Faria;  Heli de Oliveira Penido, Santa Casa de Montes Claros; Antônio Cezar dos Santos,   Fundação Dilson Godinho; Clériston de Souza Lopes, Hospital das Clínicas Dr. Mário Ribeiro da Silveira.

Abílio Carnielli, coordenador da Câmara Setorial da Saúde, apresentou a proposta das Câmaras Setoriais e destacou a importância de todos os hospitais da cidade atuarem em grupo respeitadas as características de cada instituição. Em seguida, os representantes dos hospitais presentes frisaram as possibilidades e oportunidades para o fortalecimento de cada instituição em termos de obtenção de verbas de custeio, emendas parlamentares e de superação das dificuldades.

Na pauta, a definição ética e posicionamento do grupo de hospitais, inclusive os temas prioritários visando a melhora no atendimento, otimização de recursos e redução de custos. “A inquietude da ACI é reflexo da inquietude de toda a população no que diz respeito à saúde. O objetivo dessa câmara é construir alternativas em conjunto, traçar estratégias para fortalecer a ala hospitalar do município e quem sabe expandir para outros municípios. Criar alternativas de resguardo das ameaças das instituições hospitalares. Temos que ser protagonistas da nossa vida, temos de fazer as coisas acontecerem. Observando os princípios éticos, pois a legalidade não pode ser transgredida”.

Heli Penido, provedor da Santa Casa, diz “que acredita no cooperativismo, pois ele nivela as condições. Entretanto, na prática isso ainda não acontece, cada um na sua realidade sofrendo o seu drama isoladamente. Mas a integração é possível”. Ele argumenta que “o pronto socorro da Santa Casa de Montes Claros está em condição desumana. A superlotação e a falta de custeio dificultam o atendimento adequado aos pacientes. O PS tem o déficit de 1 milhão de reais/ mês. É preciso estabelecer uma via de socorro para o pronto socorro”.

Em Montes Claros, atualmente, a demanda de atendimento dos prontos socorros é maior que a oferta de profissionais e infraestrutura. Os hospitais não suportam a quantidade de pacientes, que vêm de toda a região. Na opinião dos membros da Câmara Setorial,  a solução dos prontos socorros seria a construção do hospital do Trauma. A proposta da ACI é fazer um programa profissional para buscar minimizar o problema. “O trabalho é desafiador, mas não vamos desanimar”, garante Abílio. A próxima reunião ficou marcada para o dia 28 de julho.

Câmaras Setoriais

Com a criação das câmaras setoriais espera-se: melhor estruturação dos diferentes elos das cadeias; promover o diálogo organizado entre o setor privado e o setor público; aprimoramento das políticas públicas e dos serviços voltados ao setor escolhido; solução de conflitos por meio da negociação.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).