Inicio » Minas Gerais » MG – Minas Gerais institui o Comitê Estadual de Gestão do Atendimento Humanizado às Vítimas de Violência Sexual

MG – Minas Gerais institui o Comitê Estadual de Gestão do Atendimento Humanizado às Vítimas de Violência Sexual

MG – Minas Gerais institui o Comitê Estadual de Gestão do Atendimento Humanizado às Vítimas de Violência Sexual

Estado garante atendimento e acolhimento às pessoas em situação de violência sexual.

MG - Minas Gerais institui o Comitê Estadual de Gestão do Atendimento Humanizado às Vítimas de Violência Sexual
MG – Minas Gerais institui o Comitê Estadual de Gestão do Atendimento Humanizado às Vítimas de Violência Sexual.

 

Decreto do governador  Fernando Pimentel, publicado no Diário Oficial do Estado nessa quinta-feira (30/6), institui o novo Comitê Estadual de Gestão do Atendimento Humanizado às Vítimas de Violência Sexual (Ceahvis).  A iniciativa tem como objetivo promover a aplicação e o desenvolvimento das ações que integram o atendimento humanizado.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

O comitê é coordenado pela Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Participação Social e Cidadania (Sedpac) e conta com membros da Polícia Civil de Minas Gerais, por meio das delegacias de Proteção à Criança e ao Adolescente e de Atendimento à Mulher,  Instituto Médico Legal (IML) e  Academia de Polícia Civil, além da Polícia Militar de Minas Gerais, Secretaria de Estado de Defesa Social, Secretaria de Estado de Saúde, Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e do Ministério Público.

“O comitê têm se reunido para discutir, capacitar e orientar os profissionais, sobretudo da rede de segurança pública e de saúde, no atendimento humanizado às pessoas em situação de violência sexual”, conta a superintendente de Enfrentamento à Violência contra as Mulheres, da Sedpac, Isabel Lisboa.

Além disso, segundo a superintendente, a Sedpac tem o apoio dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) Centros de Referências Especializados da Assistência Social (Creas), além das redes de enfrentamento à violência contra a mulher instaladas nos municípios.

Além da formalização do novo Ceahvis, o Estado promove ações envolvendo, sobretudo, o público universitário. “Por meio do trabalho da Câmara Técnica responsável pelo monitoramento do Pacto Nacional pelo Enfrentamento à Violência contra a Mulher estamos dialogando com as universidades”, diz Isabel. Neste caso, a Sedpac  quer levar para o ambiente acadêmico a  discussão sobre abuso sexual e estupro.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

Atendimento no SUS

No Sistema Único de Saúde, o atendimento às vítimas de violência sexual é integral e obrigatório em todos os hospitais integrantes da rede, de acordo com a Lei Federal nº 12.845/2013.

Em Minas Gerais, 87 hospitais estão habilitados como referência do Serviço de Atenção às Pessoas em Situação de Violência Sexual. Esses estabelecimentos oferecem atendimento emergencial, integral e multidisciplinar às vítimas de violência sexual e, se necessário, encaminham aos serviços de assistência social.

O atendimento clínico e psicológico nesses hospitais funciona em regime integral, 24 horas por dia, nos sete dias da semana, e é realizado de forma humanizada, respeitando o sigilo e a privacidade das vítimas. Além disso, as  unidades são responsáveis pela administração de medicamentos preventivos de doenças sexualmente transmissíveis e também anticoncepção de emergência.

Canais de denúncia

A mulher que quiser fazer a denúncia deve procurar a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher, na Avenida Augusto de Lima 1942, no Barro Preto (telefone: 31 3295-6913). O atendimento é feito de segunda a segunda, ininterruptamente.

Para denúncias anônimas, a mulher pode utilizar o Disque Direitos Humanos (Disque 100). A central funciona 24 horas por dia, durante todos os dias da semana, inclusive feriados. Outro canal é o Disque Denúncia, pelo telefone 181.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).