Inicio » Montes Claros » Montes Claros – Polícia Civil conclui inquérito sobre a morte de professor em Montes Claros

Montes Claros – Polícia Civil conclui inquérito sobre a morte de professor em Montes Claros

Montes Claros – Polícia Civil conclui inquérito sobre a morte de professor em Montes Claros

A Polícia Civil de Montes Claros concluiu nesta sexta-feira (08/07/2016) o inquérito sobre a morte do professor universitário André Felipe Vieira Colares, de 24 anos, na madrugada da última sexta-feira (1º), em uma festa, promovida por estudantes da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes). De acordo com a PC, o crime realmente foi cometido pelo adolescente de 17 anos que está apreendido.

André Colares já era mestre em administração e estava prestar a fazer doutorado
André Colares já era mestre em administração e estava prestar a fazer doutorado

 

O adolescente de 17 anos, que confessou o assassinato, foi autuado por infração análoga ao crime de homicídio. O menor foi encaminhado ao Ministério Público, que decretou a sua internação provisória por 45 dias. Ele permanece internado em um  Centro Socioeducativo de Montes Claros.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

Montes Claros - Polícia Civil conclui inquérito sobre a morte de professor em Montes Claros
Montes Claros – Polícia Civil conclui inquérito sobre a morte de professor em Montes Claros

 

Provas

A polícia afastou a hipótese de crime de motivação homofóbica, uma vez que teria havido um aparente consentimento prévio de uma relação sexual e posteriormente um desentendimento entre a vítima e o suspeito que levou ao homicídio. Ainda não se sabe o que teria motivado a discussão.

O menor infrator faz acompanhamento psiquiátrico, com uso de medicamentos controlados, e alegou não se recordar de muitos fatos do dia do crime, uma vez que misturou os remédios com bebidas alcoólicas.

Foi apreendida e encaminhada para perícia técnica a cueca usada pelo adolescente no dia dos fatos, para averiguar se há indícios de esperma e sangue. Também foi realizada a perícia do local, que juntamente com o laudo de necropsia, está anexada ao inquérito.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

Crime

Segundo as investigações, o corpo do professor da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) foi encontrado na madrugada de sexta-feira, depois que a Polícia Militar foi acionada para averiguar uma denúncia de estupro em uma festa universitária realizada no bairro Mangues, Zona Sul da cidade. O docente lecionava no curso de Administração.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

MG - Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

MG – Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 5 de dezembro de 2016.MG – Jovem …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).