Inicio » Colunistas » Aldeci Xavier » Coluna do Aldeci Xavier – Preto no Branco

Coluna do Aldeci Xavier – Preto no Branco

Coluna do Aldeci Xavier – Preto no Branco

ALFREDO NA CEMIG
O advogado e ex-vereador por Montes Claros, Alfredo Ramos (PT) é o novo integrante da área administrativa dos quadros da Companhia Energética de Minas Gerais S.A. (CEMIG) em Montes Claros. O ex-vereador está lotado na subestação da Vila Mauricéia.

NESTLÉ
Informação que chega à coluna dá conta de que a direção internacional da Nestlé decidiu antecipar o cronograma das obras de ampliação que estão sendo realizadas na fábrica de Montes Claros. Além da melhoria na fábrica de leite condensado (Leite Moça), a construção do café encapsulado está a todo vapor. O cronograma era de conclusão de todo o complexo em 2020, mais decidiram acelerar e a inauguração, principalmente da fábrica de encapsulado, pode acontecer entre o final do próximo ano e 2018.

MACRO
Somente na sexta-feira (08) é que foi a diretoria do supermercado Macro, instalado próximo ao Aeroporto, na avenida Magalhães Pinto, deixou de vez a cidade de Montes Claros. Desde o dia em que fechou a loja, o diretor Carlos Gonzaga permanecia no município cuidando das pendências. Em relação à retomada das atividades, a informação do diretor é que o prédio deve permanecer fechado por um ou dois anos, podendo retornar as atividades, mas com outra bandeira. Nos bastidores, corre a informação que já tem empresário interessado naquele espaço.

PIRAPORA CORRE RISCO
Não é de hoje que Minas vem perdendo recursos e investimento em decorrência da burocracia e falta de sensibilidade dos órgãos ambientais, isso pra não falar outra coisa. Agora mesmo o Estado pode perder investimentos da ordem de R$ 6 bilhões da empresa Solatio Energia, que é especialista em energia fotovoltaica. O presidente da empresa no Brasil, Pedro Vaquer, alega que não conseguiu a licença ambiental que deveria ter sido obtida em maio. O problema é que a Solatio precisa cumprir prazos com a Aneel. Do total de recursos anunciados, está previsto investimento em Pirapora, no prazo de dois anos e meio, o que seria a primeira fase do projeto, de um total de três de R$ 2 bilhões. O município abrigaria a maior usina, que seria a maior da América Latina, com capacidade de geração de 300 megawatts. Outro município próximo do Norte de Minas a ser beneficiado é Paracatu.

CONVÊNIO EMATER
De hoje até o próximo dia 29, a Câmara de Montes Claros estará de recesso. Trata-se do chamado Recesso Parlamentar, em que a casa continua funcionando normalmente, mas não acontecem as reuniões de plenário. A grande novidade é que, na prática, o referido recesso só começa na terça-feira (12). É que o presidente, vereador Marcos Nem, convocou reunião extraordinária para votar convênio entre a Prefeitura e a Emater, em que o executivo, através de aditivo, aumenta o repasse ao órgão do governo do Estado.

ATHOS E A TELEVISÃO
Não temos nenhuma dúvida de que um dos fatores que tem provocado incerteza na discussão de candidatos na disputa majoritária tem sido o tempo de rádio e televisão. Como a TV é o principal canal entre o candidato e o eleitor, quem não tiver tempo de televisão passa a contar com um adversário a mais. Serão somente 45 dias de programa gratuito de inserção no rádio e televisão. Se não bastasse, um dia é dedicado aos candidatos na majoritária e outro na proporcional, o que vale dizer que os postulantes ao cargo de prefeito só terão 23 dias para apresentar proposta nos veículos de comunicação. Nos termos, como um dos exemplos, a candidatura anunciada do ex-prefeito Athos Avelino Pereira, que se de fato tocar em frente o projeto, terá no máximo 26 segundos no horário gratuito e no máximo 30 segundos nas inserções. Vale lembrar que estou considerado a efetivação da coligação do Rede Sustentabilidade com o PEN e que não estou levando em consideração as inserções diárias. As informações são da própria direção do Rede.

PONTE DO JK
Em conversa com este jornalista, o prefeito em exercício de Montes Claros, José Vicente Medeiros informou que na próxima semana deverá assinar ordem de serviço para a construção de ponte sobre linha férrea, na Avenida Minas Gerais, entre os bairros Floresta e JK. A referida ponte é a principal reivindicação de moradores daquela região da cidade, por empresas ali instaladas e, principalmente, estudantes das faculdades Santo Agostinho e Funorte. Nos horários de pico é praticamente impossível passar pela ponte, já que permite somente um veículo por vez.

Por Aldeci Xavier

Aldeci Xavier
Aldeci Xavier

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

VLI abre vagas para programa Jovem Aprendiz em Montes Claros

VLI abre vagas para programa Jovem Aprendiz em Montes Claros

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 8 de dezembro de 2016.VLI abre vagas …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).