Inicio » Mais Seções » Beleza » Beleza – Dez dicas para cuidar da pele no inverno‏

Beleza – Dez dicas para cuidar da pele no inverno‏

Beleza – Dez dicas para cuidar da pele no inverno

Dermatologista Livia Pino chama atenção para o ressecamento neste período do ano e orienta cuidados que devem ser tomados por todos.

Beleza - Dez dicas para cuidar da pele no inverno‏
Beleza – Dez dicas para cuidar da pele no inverno‏.

 

O inverno chegou e os cuidados com a pele precisam ser intensificados. O principal problema com a pele neste período do ano é o ressecamento, que pode levar a coceira, dermatites, vermelhidão e até rachaduras. Quem é alérgico, tem pele seca (idosos tendem a ter uma pele ressecada) ou sensível e algumas doenças de pele, como a dermatite atópica, pode sofrer mais.

“No inverno a sensação de sede é menor e, por isso, muita gente bebe menos água, o que pode prejudicar a hidratação do corpo e da pele. A água é fundamental para o funcionamento do organismo e, por isso, independente da estação do ano, um adulto saudável deve ingerir pelo menos 2 litros de água por dia”, destaca a dermatologista Livia Pino.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

A especialista separou dez dicas de cuidados que devem ser tomados por todos neste período do ano:
1) Não tome banhos exageradamente quentes. Água quente resseca muito a pele. Se não conseguir evitar o banho quente, pelo menos, não demore muito no banho.
2) Use sabonete neutro no banho e com substâncias hidratantes  (evite produtos com muito cheiro e químicas, pois sua pele está mais suscetível a alergias e ressecamento).
3) Não tome diversos banhos com sabonetes durante o dia. Sabonete no corpo todo, em geral, deve ser usado apenas uma única vez por dia.
4) Evite muitas esfoliações e uso de buchas no corpo e rosto nesta época. Sua pele esta mais sensível e ressecada. E esta ação retira a camada de oleosidade protetora da sua pele, ressecando a ainda mais.
5) Use e abuse dos hidratantes, óleos de banho, óleos corporais.
6) Use hidratante assim que sair do banho. A pele úmida absorve melhor o hidratante.
7) Cuidado com hidratantes muito perfumados: em geral são loções mais cheirosas que hidratantes. Nesta época vale investir em um hidratante mais específico, prescrito por dermatologistas.
8) Cuidado com sua pele do rosto, principalmente se usa ácidos. Ela está mais sensível e deve ser tratada como uma pele de bebê.
9) Atenção aos lábios: eles podem ressecar, rachar e até sangrar se não for bem hidratado. Dê preferência para hidratantes labiais com ceramidas, lanolina e vaselina. Manteiga de cacau e batons de alta fixação, podem não ser suficientes e até ressecar mais seu lábio.
10) Não se esqueça da proteção solar! Apesar de os raios UV estar menos intenso que no verão, a proteção solar se faz necessária. Além disso, em locais mais altos como as montanhas, serras ( locais procurados no inverno), a proteção solar deve ser mais cuidadosa ( em geral, nestas áreas a radiação solar incide mais fortemente).

ImageProxyPerfil – Livia Pino é médica dermatologista, membro efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia. Graduada pela Universidade Federal do Rio de Janeiro-UFRJ, tem pós-graduação em Dermatologia pela Policlínica Geral do Rio de Janeiro. Livia atua ainda como professora da Faculdade de Medicina de Valença e Preceptora do ambulatório de Pós-Graduação em Dermatologia da Policlínica Geral do Rio de Janeiro.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

MG - Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

MG – Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 5 de dezembro de 2016.MG – Jovem …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).