Inicio » Norte de Minas » Norte de Minas – Homem é preso por estuprar a própria filha em Espinosa

Norte de Minas – Homem é preso por estuprar a própria filha em Espinosa


Reviewed by:
Rating:
5
On 13 de julho de 2016
Last modified:13 de julho de 2016

Summary:

Norte de Minas - Homem é preso por estuprar a própria filha em Espinosa

Norte de Minas – Homem é preso por estuprar a própria filha em Espinosa

A Polícia Civil (PC) cumpriu na manhã desta terça-feira (12/07/2016) mandado de prisão contra um homem, de 35 anos, que confessou ter estuprado a própria filha, de 13 anos, em Espinosa, no Norte de Minas. Ele foi preso no Bairro João Paulo II.

Norte de Minas - Homem é preso por estuprar a própria filha em Espinosa
Norte de Minas – Homem é preso por estuprar a própria filha em Espinosa

 

Segundo a Polícia Civil (PC) caso foi denunciado pela própria vítima ao Conselho Tutelar da cidade, no início deste mês.

O Boticário

///////////////////////////

Ainda segundo a PV, durante a investigação, ele confessou e admitiu que os abusos aconteciam desde 2014.

O homem  foi encaminhado para a Cadeia Pública da cidade.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).