Inicio » Economia » Cheques estão sendo deixados de lado, diz Banco Central

Cheques estão sendo deixados de lado, diz Banco Central


Reviewed by:
Rating:
5
On 18 de julho de 2016
Last modified:18 de julho de 2016

Summary:

Cheques estão sendo deixados de lado, diz Banco Central

Cheques estão sendo deixados de lado, diz Banco Central

Segundo pesquisa do Banco Central (BC), em 2015, foram gastos R$ 678 bilhões em transações com cartão de crédito e R$ 390 bilhões com cartão de débito, o que representa um aumento de 9% e de 12%, respectivamente. O uso de meios de pagamento eletrônicos tem crescido expressivamente no Brasil.

Cheques estão sendo deixados de lado, diz Banco Central
Cheques estão sendo deixados de lado, diz Banco Central

 

A pesquisa mostra, ainda, que foram realizadas 5,7 bilhões de transações com cartões de crédito no ano passado, o que representa um aumento de 3% frente a 2014. As operações com cartão de débito somaram 6,5 bilhões, incremento de 15%.

Natura

///////////////////////////

Enquanto os meios eletrônicos avançam, o uso de cheque está em queda. No ano passado, essa forma de pagamento caiu 12% e o valor transacionado em cheques teve redução de 9%.

Segundo o Banco Central, na opção débito a pessoa que recebe o pagamento tem certeza de que receberá o valor pago. Com o cheque, ela não tem essa certeza. “O cheque, principalmente em pequenos valores, tem sido substituído pelo pagamento eletrônico. O pagamento com cartão de débito é o que está substituindo o cheque”, explicou Flávio Túlio Vilela, chefe do Departamento de Operações Bancárias e de Sistema de Pagamentos do BC.

“É o que explica a tendência de crescimento do uso do cartão de débito e da redução do uso da moeda física. É um sinal de que estamos caminhando para a utilização de mais meios eletrônicos de pagamento”, avaliou o técnico do BC.

Dispositivos móveis

Entre os meios eletrônicos, os dispositivos móveis têm ganhado destaque. Dados do BC mostram que 60% das transações foram realizadas nos canais não presenciais, como internet, telefones móveis e centrais de atendimento.

A quantidade de transações com esses aparelhos mais do que dobrou frente a 2014 e alcançou 20% da quantidade total de transações de clientes. O atendimento tradicional em agências, postos de atendimento e correspondentes, em contraponto, registrou queda e hoje responde por 22% das transações realizadas.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).