Inicio » Cultura NM » III Festival de Inverno de Grão Mogol termina neste fim de semana cheio de atrações

III Festival de Inverno de Grão Mogol termina neste fim de semana cheio de atrações

III Festival de Inverno de Grão Mogol termina neste fim de semana cheio de atrações

Em destaque oficinas acadêmicas, shows de música e de dança e projetos com foco na integração regional

III Festival de Inverno de Grão Mogol termina neste fim de semana cheio de atrações
III Festival de Inverno de Grão Mogol termina neste fim de semana cheio de atrações

 

Com atividades de lazer, esportivas e ecológicas, encontro de motos e carros antigos, feira de artesanato e as finais do Festival da Canção, dentre outras atrações, a programação do III Festival de Inverno de Grão Mogol prossegue neste fim de semana (23 e 24 de julho). A projeção dos coordenadores é de reunir aproximadamente 40 mil pessoas nos dois dias que fecham o cronograma do evento naquela cidade.

Organizado pela Universidade Estadual de Montes Claros, Prefeitura de Grão Mogol e municípios do Circuito do Lago de Irapé (Norte de Minas e Vale do Jequitinhonha), o evento foi aberto na última terça-feira (19/7), em solenidade no Presépio Mãos de Deus, o maior do gênero a céu aberto no mundo.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

“Como grande patrimônio do Norte de Minas e do Vale do Jequitinhonha, além de outras regiões do Estado, a Unimontes firma-se como instrumento de mobilização da cultura com a realização de mais um Festival de Inverno”, observou o reitor João dos Reis Canela durante a abertura oficial.

Em nome dos representantes do Circuito do Lago de Irapé, o prefeito de Grão Mogol, Jefferson Figueiredo, destacou a realização do Festival como compromisso coletivo para a integração das comunidades regionais. “A Unimontes nos permitiu transformar o Festival num evento permanente, que ensina aos jovens, especialmente, o valor da cultura regional para a formação do cidadão. Obrigado a todos os parceiros por nos ajudar a transformar vidas”.

OPORTUNIDADE

Uma das atrações na abertura do Festival foi a Banda de Corporação Euterpe Homero Maciel, de Turmalina, formada por crianças e jovens de 13 a 17 anos. “Esta é uma oportunidade da qual não abrimos mão de subir ao palco e mostrar o nosso trabalho com a certeza de que outros municípios podem desenvolver projetos iguais ao nosso: cidadania, disciplina e compromisso a partir da música”, disse o maestro e professor Valdir Alves, de 38 anos, que há doze faz parte da Banda.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

Com instrumentos de percussão, de sopro e de metais, a Banda se apresentou no Festival de Inverno pelo segundo ano consecutivo a convite dos organizadores, com um repertório bem eclético, a começar pelo Hino Nacional e com variações desde Milton Nascimento a Milionário & José Rico, além de clássicos internacionais dos Beatles, Bob Marley, Guns ´N Roses, Michael Jackson e Pink Floyd.

INTEGRAÇÃO

O Festival permitiu, ainda, mostrar às cidades do Circuito uma proposta de criação do Consórcio Intermunicipal de Cultura no entorno do Lago de Irapé. Luiz Felipe Nunes, jornalista e diretor do Consórcio Culturando, no interior de São Paulo, fez uma explanação sobre o acesso à lei federal que garante repasses de recursos para o uso comum de bens, além da promoção de ações da mesma natureza, de forma integrada.

Para ele, o potencial cultural detectado com o Festival de Inverno de Grão Mogol, com ações ecológicas, de lazer e esportivas, oficinas, concursos musicais e apresentações artísticas, remete à promoção integrada de cidadania. “O Circuito do Lago de Irapé é formado por 14 municípios de duas regiões de grande riqueza cultural e histórica. E o Festival traduz tudo isto. Ou seja, já existe uma experiência consolidada para formatar um projeto de consórcio compatível com a proposta que o Festival de Inverno tem”, acrescenta Luiz Felipe.

OFICINAS

Os acadêmicos de diversos cursos da Unimontes estão em Grão Mogol desde o primeiro dia do Festival. São responsáveis pela realização de diversas oficinas educativas e de lazer, além de atendimento voluntário em espaços como escolas e praças, numa versão do projeto Unimontes Solidária.

As atividades vão desde confecção de artesanatos, dança (zumba e axé), saúde bucal, oficinas sobre alimentação saudável, DSTs, Capoeira, Dança Afro, produção de texto, adereços e desenho. Os professores da educação básica também participaram de uma capacitação sobre jogos digitais associados ao ensino. E em parceria com a Facit, os alunos de ensino médio de Grão Mogol participaram de uma oficina de robótica.

Também são parceiros na realização do evento Associação Cultural Renascer, Sesc, Senai, Sebrae, Governo de Minas Gerais, Facit e Instituto Federal do Norte de Minas Gerais.

PROGRAMAÇÃO

Sábado

Feira e Tendas de Artesanato

Caminhada Ecológica (Trilha Histórica do Barão) – 13 KM

I Bike Trilha de Mountain Bike – 32 KM

II Encontro de Carros Antigos

III Encontro de Motociclistas – Moto Fest

Shows de Rock e Música Gospel

Companhia de Danças Parafolclóricas Saruê – Unimontes

Final II Festival da Canção – apresentações dos sete finalistas

Show de encerramento – Tianastácia

Domingo

Espetáculo Circense e Oficina: “Um Palhaço Muito Louco”

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Eduardo Arauju e Kely Ramos Foto: Guto Campos

Moda – A simpatia de Montes Claros que conquistou o Brasil

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016.Moda – A …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).