Inicio » Norte de Minas » Norte de Minas – Equipamento que agiliza reparos em ferrovia entra em operação no trecho entre Pirapora e Sete Lagoas

Norte de Minas – Equipamento que agiliza reparos em ferrovia entra em operação no trecho entre Pirapora e Sete Lagoas

Norte de Minas – Equipamento que agiliza reparos em ferrovia entra em operação no trecho entre Pirapora e Sete Lagoas

Caminhão de solda elétrica, adquirido pela VLI, permite fazer manutenção da linha no próprio local e elimina juntas nos trilhos, dando maior segurança à via.

O trecho da Ferrovia Centro-Atlântica (FCA) entre Pirapora (Norte de Minas) e Sete Lagoas (Região Metropolitana de Belo Horizonte) é o primeiro a receber o reforço do novo caminhão de solda elétrica, equipamento que vai agilizar e melhorar a manutenção da linha férrea administrada pela VLI, empresa de soluções logísticas que integram terminais, ferrovias e portos.

Caminhão de solda elétrica, adquirido pela VLI, permite fazer manutenção da linha no próprio local e elimina juntas nos trilhos, dando maior segurança à via.
Caminhão de solda elétrica, adquirido pela VLI, permite fazer manutenção da linha no próprio local e elimina juntas nos trilhos, dando maior segurança à via.

 

O caminhão de solda elétrica estava em operação assistida desde junho e, no último domingo (24), começou a operar de maneira efetiva em Lassance, que fica entre as duas cidades. Outros trechos da ferrovia, que integra o corredor Minas-Bahia, também devem receber o suporte do caminhão.

A principal função do novo equipamento é eliminar juntas nos trilhos que comprometam a segurança e a disponibilidade de algum trecho da ferrovia.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

O sistema de solda elétrica é mais evoluído que o de soldagem aluminotérmica, também utilizado pela VLI. O processo elétrico se dá pela fundição de uma barra na outra. Já a solda aluminotérmica enxerta material fundido no espaço entre as barras.

O avanço apresentado pelo caminhão de solda elétrica é a realização de quatro soldas por hora, em média. O de soldagem aluminotérmica, por sua vez, permite uma soldagem por hora.

Outro ponto importante do novo equipamento é a possibilidade de fazer reparos no próprio trecho da ferrovia. Antes, a solda elétrica era feita apenas no Estaleiro de Soldas de Trilhos de Pedro Leopoldo (MG).

“A aquisição do caminhão de solda elétrica amplia as possibilidades de reparos e é um passo importante na conservação da via permanente”, disse Leandro Fonseca, supervisor do Estaleiro.

Dez funcionários da VLI foram treinados para operar o caminhão de solda elétrica. 

Sobre a VLI

A VLI tem o compromisso de apoiar a transformação da logística no País, por meio da integração de serviços em portos, ferrovias e terminais. A empresa engloba as ferrovias Norte Sul (FNS) e Centro-Atlântica (FCA), além de terminais intermodais, que unem o carregamento e o descarregamento de produtos ao transporte ferroviário, e terminais portuários situados em eixos estratégicos da costa brasileira, tais como em Santos (SP), São Luís (MA) e Vitória (ES). A VLI transporta as riquezas do Brasil por rotas que passam pelas regiões Norte, Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Cultura Moc - Festa Nacional do Pequi começa na próxima semana

Cultura Moc – Festa Nacional do Pequi começa na próxima semana

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 10 de dezembro de 2016.Cultura Moc – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).