Inicio » Minas Gerais » Campo das Vertentes » MG – Estudante que teve ‘nudes’ publicadas na internet será indenizada em R$ 20 mil

MG – Estudante que teve ‘nudes’ publicadas na internet será indenizada em R$ 20 mil


Reviewed by:
Rating:
5
On 27 de julho de 2016
Last modified:27 de julho de 2016

Summary:

MG - Estudante que teve 'nudes' publicadas na internet será indenizada em R$ 20 mil

MG – Estudante que teve ‘nudes’ publicadas na internet será indenizada em R$ 20 mil

Uma estudante que teve fotos íntimas e sensuais divulgadas na internet conseguiu na Justiça o direito de receber indenização de R$ 20 mil. A decisão é do 18ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) em São João Del-Rey.

MG - Estudante que teve 'nudes' publicadas na internet será indenizada em R$ 20 mil
MG – Estudante que teve ‘nudes’ publicadas na internet será indenizada em R$ 20 mil

 

No processo, a vítima disse que as imagens foram publicadas em um site com conteúdo pornográfico e prostituição em São João del-Rei e por meio de CDs distribuídos na cidade.

O diretor de um canal de TV, alvo da ação, alegou no processo que a mulher autorizou em tirar e que ela perdeu o celular. Segundo ele, outra pessoa pode ter postados as imagens na web. Contudo, o juiz Armando Barreto Marra afirmou que não ficou demonstrada a perda do telefone, responsabilizando o diretor pela divulgação das imagens.

Natura

///////////////////////////

Em primeira instância, o homem foi condenado a pagar R$ 10 mil de indenização por danos morais. A estudante recorreu e pediu que o valor fosse aumentado para R$ 70 mil, já que inclusive teria perdido o emprego por causa da publicação.

“Para aferir a extensão dos prejuízos sofridos pela mulher, não se podem desconhecer os efeitos deletérios para a vida de uma jovem – residente em uma cidade do interior de Minas Gerais, cujo padrão médio de moralidade é sabidamente conservador –, ao se ver submetida a toda sorte de constrangimentos e humilhações, decorrentes da grotesca exposição de sua intimidade e do ataque à sua honra”, argumentou o desembargador Roberto Vasconcellos, relator do processo, que fixou a indenização em R$ 20 mil.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).