Inicio » Montes Claros » Montes Claros – Projeto prevê a revitalização do rio do Cedro‏

Montes Claros – Projeto prevê a revitalização do rio do Cedro‏

Montes Claros – Projeto prevê a revitalização do rio do Cedro‏

Em reunião nesta segunda-feira (1º), presidida pelo prefeito em exercício José Vicente Medeiros, representantes do Codema (Conselho Municipal de Defesa e Conservação do Meio Ambiente), Copasa e Anglo Social Consultoria e Projetos Sócios Ambientais de Montes Claros, empresa vencedora de licitação para desenvolver o Projeto de Trabalho Social (PTS) nos residenciais Vitória I e II, discutiram a execução de projeto que propõe a revitalização do rio do Cedro.

Montes Claros - Projeto prevê a revitalização do rio do Cedro‏
Montes Claros – Projeto prevê a revitalização do rio do Cedro‏

VIATOTAL

ViaTotal

///////////////////////////

Os trabalhos se concentrariam neste primeiro momento na região do Distrito Industrial, onde o rio passa próximo aos dois conjuntos residenciais. O documento foi elaborado pelo professor Flávio Pimenta, da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais), atendendo demanda dos moradores feita a Anglo Social.

“Os moradores, que também já discutiram o assunto diretamente com o executivo de Montes Claros, aguardam com muita expectativa a execução do projeto. Ele será fundamental para a preservação ambiental e para a saúde das pessoas que têm contato diário com as águas do rio, atualmente bastante poluídas. Águas que oferecem, portanto, sérios riscos à saúde pública”, ressalta Joyce Fagundes, coordenadora da equipe técnica da Anglo Social em Montes Claros.

Segundo ela, o risco à saúde é “muito grande”, uma vez que muitas pessoas têm o rio até como fonte de renda, usando suas águas para o cultivo de hortaliças e mesmo para o lazer.

URGÊNCIA

O professor Flávio Pimenta, autor do projeto, entende que a revitalização é “urgente” para que o rio inteiro não sucumba à degradação. Ele explica que da sua nascente, que fica na região do distrito rural de Nova Esperança, até a região da Lapa Grande, área de preservação ambiental, o rio ainda está livre de impurezas, mas que a partir daí a poluição já o alcança, sendo que ele deságua no Rio Vieira, afluente do Verde Grande e que integra a bacia do Rio São Francisco, já bastante sujo.

“Precisamos revitalizar este trecho na área urbana, de cerca de 23 quilômetros, para evitar que a poluição alcance a área ainda preservada, inclusive regularizando o uso das águas, cadastrando os usuários. O próximo passo será a realização de um diagnóstico final para definir os locais que receberão benefícios”, informa o professor universitário.

oBoticário

///////////////////////////

AVALIAÇÃO

O secretário Edwaldo Marques, da secretaria adjunta de Meio Ambiente, que também responde pela presidência do Codema, assegurou que o projeto terá total apoio da administração municipal – até pelo fato de que ele atende aos propósitos da prefeitura de Montes Claros que já desenvolve ações de despoluição e de recuperação de nascentes em outras regiões do município. Uma delas ocorre na bacia do Rio do Cruzeiro, cujo projeto de revitalização já saiu do papel e está sendo colocado em execução.

“Vamos submeter o projeto do Rio do Cedro à avaliação do Codema e, uma vez aprovado, vamos buscar mais parcerias para que os trabalhos sejam iniciados o mais breve possível”, conclui o secretário.

Por Eduardo Brasil

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).