Inicio » Colunistas » Aldeci Xavier » Coluna do Aldeci Xavier – Preto no Branco

Coluna do Aldeci Xavier – Preto no Branco

Coluna do Aldeci Xavier – Preto no Branco

 

HUMBERTO TOMOU O PR

Em plena véspera das convenções, o deputado Paulo Guedes, que tinha como certa a presença do PR no seu grupo político, acabou perdendo a agremiação para o ex-deputado Humberto Souto. O mais interessante é que, para garantir a legenda no seu time, Guedes indicou como presidente o eterno candidato a vereador, professor Célio Moreira, que até então sempre militou no PT e foi para o PR justamente atendendo o líder petista. Para garantir o partido em sua base, Humberto Souto colocou como presidente o seu sobrinho Marcos Pereira de Moura, e como vice, a sua irmã Iara Souto. A secretaria ficou com o ex-vereador Aurindo Ribeiro, e como vogal, o seu assessor, jornalista Paulo Braga

MIRABELA

Na tarde de segunda-feira, os partidos de oposição no município de Mirabela comemoraram o entendimento entre duas das principais lideranças que estavam em véspera de sair em faixa própria. A comemoração foi pela definição da chapa que terá Luciano Rabelo Veloso (PP) como candidato a prefeito e Jorge da Emater (Solidariedade) como vice. A convenção está marcada para esta quinta-feira. Por sua vez, até o dia de ontem ainda não havia sido definida a chapa da situação. Até o fechamento da coluna o atual prefeito Carlúcio Mendes continuava com o propósito de não disputar o pleito. A princípio, o nome do grupo será o atual vice-prefeito, Marcus André Ferreira (PT).

PMN COM RUY

O PMN é o primeiro partido de Montes Claros a realizar sua convenção. O evento está marcado no plenário da Câmara (Avenida João Luiz de Almeida) das 14h às 18h. A grande novidade é que segundo o presidente da agremiação, Renato Maurício Ruas, o partido fechou questão em torno do apoio à reeleição do prefeito Ruy Muniz.

LICÃO EM DIAMANTINA

Pelo andar da carruagem, a ex-deputada estadual Elbe Brandão, que é uma forte liderança em Janaúba, não deverá participar de forma de direta do processo naquele município. Ela deverá gastar suas energias mesmo em Diamantina, onde o seu marido, o também ex-deputado estadual, Luiz Henrique Santiago, conhecido como Licão, vai enfrentar as urnas como candidato a prefeito.

RUY MUNIZ E AS RECOMENDAÇÕES

Vários leitores querendo saber deste jornalista como fica a situação do prefeito e candidato à reeleição, Ruy Muniz, com a determinação da Justiça de que ele não poderá ter acesso aos servidores públicos municipais e à prefeitura. A este respeito, entendo que tal proibição deve ser revogada pela própria Justiça, mas vale lembrar que a partir do momento em que tiver homologada a sua candidatura, todas as restrições serão altamente derrogadas pela Legislação Eleitoral em vigência. Não pode haver desigualdade no pleito. A Lei Eleitoral é clara e nenhuma outra lei sobrepõe.

LIDERANÇAS NÃO ACOMPANHAM O PDT

O deputado Carlos Pimenta não terá outra saída senão a de liberar os vereadores Raimundo do INSS e Marly Alves da obrigatoriedade de acompanhar a decisão da agremiação na disputa majoritária. Eles já deixaram claro que vão pedir voto para Ruy Muniz e não para Humberto Souto. Aliás, da mesma forma, os secretários Jéferson Trindade e Toninho da Cowan, também já deixaram claro que não acompanharão a decisão do partido.

AROLDO TOURINHO

Fico sem entender os motivos pelos quais aquelas mesmas autoridades que empenharam, pessoalmente, para tirar do município a gestão da saúde, e que transformou a questão em objeto político, assistem em ficar caladas em vem de manifestar sobre a situação crítica em que se encontram os hospitais, e de forma especial o Aroldo Tourinho, que se não houver intervenção não tem como sair do buraco. A situação é mais crítica do que possamos imaginar. Só espero que a situação criada não tenha sido premeditada, como forma de transferir o comando do Aroldo Tourinho para outro hospital da cidade, conforme comentários que corre na “boca miúda”. Aliás, tem muita gente comemorando a situação da saúde na cidade, já que poderá servir como bandeira política.

NINHEIRA

Na coluna de ontem, divulgamos a relação de municípios do Norte de Minas onde não haverá disputa, uma vez que será candidatura única. Hoje, recebemos a informação de que no município de Ninheira também não haverá disputa. O atual prefeito, Domingos José de Matos, mais conhecido como Dadá, é mais um petista a fugir da disputa. Até o fechamento da coluna estava definido que a eleição de Ninheira terá apenas Gilmar Ferraz, do PDT, como candidato.

PSDC

O PSDC de Montes Claros realiza a sua convenção, nesta quinta-feira, das 14h às 21h, no plenário da Câmara Municipal (avenida João Luiz de Almeida), tendo como única preocupação a tentativa de intervenção por parte do deputado Paulo Guedes. O partido garante que tem chapa completa na disputa proporcional e não aceita coligação. Por sua vez, como é de conhecimento de todos, a agremiação está sobre o domínio do deputado Paulo Guedes. Aliás, dificilmente o presidente Chico Rocha diria um não a um pedido do parlamentar.

Por Aldeci Xavier

Aldeci Xavier
Aldeci Xavier

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Cultura NM - Hungria se apresenta em Bocaiuva

Cultura NM – Hungria se apresenta em Bocaiuva

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 9 de dezembro de 2016.Cultura NM – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).