Inicio » Minas Gerais » Sul de Minas » MG – Padre citado no filme ‘Spotlight’ é encontrado morto em presídio

MG – Padre citado no filme ‘Spotlight’ é encontrado morto em presídio

MG – Padre citado no filme ‘Spotlight’ é encontrado morto em presídio

Preso na última sexta-feira (05/08/2016) em Santa Catarina, o padre Bonifácio Buzzi, 56, suspeito de cometer pedofilia em Minas Gerais, foi encontrado morto na manhã deste domingo em um presídio em Três Corações, no Sul de Minas.

Preso na última sexta-feira (05/08/2016) em Santa Catarina, o padre Bonifácio Buzzi, 56, suspeito de cometer pedofilia em Minas Gerais
Preso na última sexta-feira (05/08/2016) em Santa Catarina, o padre Bonifácio Buzzi, 56, suspeito de cometer pedofilia em Minas Gerais

 

A informação foi confirmada pela Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) e pela Polícia Civil (PC) . O sacerdote também é conhecido por ter sido citado no filme ‘Spotlight’, vencedor do Oscar deste ano, como exemplo de como a Igreja acoberta casos de pedofilia no mundo.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

Segundo os órgãos, a suspeita é de suicídio, já que Buzzi estaria sozinho em uma cela da unidade prisional desde que foi transferido para o local, na última sexta. O padre era investigado por suspeita de aliciar dois meninos, de 9 e 13 anos, em Três Corações, também no Sul de Minas.

Na última sexta-feira, a Polícia Civil havia informado que detalhes sobre a investigação e prisão do sacerdote seriam repassados em uma coletiva de imprensa na tarde desta segunda-feira (08/08/2016).

Mesmo após o corpo do padre ser encontrado na cela, a apresentação foi mantida, segundo a PC.

VIATOTAL

ViaTotal

///////////////////////////

Além das informações sobre sua prisão, as circunstâncias da morte também serão repassadas pelo delegado responsável pelo caso, Pedro Paulo Marques.

O sacerdote foi preso em Barra Velha, no norte de Santa Catarina, após uma operação conjunta das polícias civil dos dois estados.

Histórico

Buzzi já tinha sido condenado a 20 anos de prisão por outros abusos sexuais de menores. O sacerdote foi acusado de praticar sexo oral em um garoto de 9 anos, em 2001, em Mainart, distrito de Mariana, na região Central de Minas. No mesmo ano, ele também teria praticado o ato em outras duas crianças, de 5 e 11 anos, em Santa Bárbara, também na região Central.

Por esses crimes, o padre foi preso em 2007 e cumpriu pena até 2015, quando foi libertado e voltou a cometer os abusos.

O padre nasceu em Joinville, em Santa Catarina, onde também iniciou sua carreira religiosa. Ele teria saído da cidade após denúncias de abuso sexual de menores, que não chegaram a ser investigadas.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

VLI abre vagas para programa Jovem Aprendiz em Montes Claros

VLI abre vagas para programa Jovem Aprendiz em Montes Claros

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 8 de dezembro de 2016.VLI abre vagas …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).