Inicio » Esporte » Brasileirão 2016 » Brasileirão 2016 – Galo leva três do Santos

Brasileirão 2016 – Galo leva três do Santos

Brasileirão 2016 – Galo leva três do Santos

Com um início de jogo passivo, erros de finalização e de marcação na bola parada, o Atlético teve interrompida a sequência de cinco vitórias consecutivas e iniciou com derrota segundo turno do Campeonato Brasileiro.

Brasileirão 2016 - Galo leva três do Santos
Brasileirão 2016 – Galo leva três do Santos

 

O Galo não conseguiu impor o seu melhor futebol, tão elogiado nas últimas rodadas, e acabou perdendo para o Santos por 3 a 0, neste domingo, na Vila Belmiro, pela 20ª rodada da competição nacional.

O zagueiro Gustavo Henrique e o atacante Ricardo Oliveira, duas vezes, marcaram e garantiram o triunfo dos donos da casa. O resultado faz o clube mineiro perder duas posições na tabela e cair para quarto, com 35 pontos, mantendo-se no G4. Já o Peixe vai a 36 pontos e assume a liderança provisória. Os santistas aguardam o resultado entre Atlético-PR e Palmeiras para saber se permanecem na ponta ou se caem para a segunda colocação.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

Na próxima rodada, Galo busca a reabilitação, em casa, contra o Atlético-PR, no domingo, às 11h, no Independência. Já o Santos viaja ao Paraná para encarar o Coritiba, também no domingo, às 18h, no Couto Pereira.

 Na luta entre adversários diretos pelas primeiras posições, o Santos iniciou a partida mais incisivo, pressionando o Atlético e levando muito perigo para o goleiro Victor. Passivo, o time mineiro aceitava a pressão e não conseguia encaixar uma boa jogada ofensiva. A pressão do Peixe surtiu efeito aos 12 minutos. Após cobrança de escanteio, o zagueiro Gustavo Henrique, mesmo seguro por Leonardo Silva, cabeceou no canto para abrir o marcador.

Apesar de tentar mudar a postura logo após o gol, o Galo demorou para entrar no jogo. Os donos da casa se fecharam e passaram a apostar no contra-ataque. Com dificuldades para encontrar os espaços, o clube mineiro conseguiu a sua primeira finalização com perigo apenas aos 32 min, quando Pratto cabeceou na trave. Sete minutos depois, foi a fez de Maicosuel desperdiçar uma grande oportunidade, deixando o Santos em vantagem no primeiro tempo.

Na etapa final, o Atlético voltou com outra postura. Com o Peixe mantendo a tática defensiva e de contra-ataques, o Galo foi pra cima e perdeu ótimas chances para empatar com Maicosuel, Fred e Robinho, que chegou até a marcar em um outro lance, mas ele se encontrava em situação de impedimento.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

Quando parecia que o alvinegro de Minas estava mais próximo do empate, os donos da casa ampliaram. Após nova cobrança de escanteio, Ricardo Oliveira, livre, mergulhou para ampliar. Na jogada, o centroavante santista fez falta em Lucas Pratto, não marcada pelo árbitro.

O técnico Marcelo Oliveira promoveu mudanças ofensivas, colocando Otero, Carlos e Clayton, nos lugares de Fred, Maicosuel e Robinho, respectivamente. No entanto, as alterações não surtiram efeito e o Atlético não teve poder de reação. Com o time mineiro todo no ataque para tentar diminuir, o atacante Ricardo Oliveira, após um contra-ataque mortal, fez o terceiro e sacramentou a vitória do Peixe.


------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).