Inicio » Colunistas » Aldeci Xavier » Coluna do Aldeci Xavier – Preto no Branco

Coluna do Aldeci Xavier – Preto no Branco

Coluna do Aldeci Xavier – Preto no Branco

PORTEIRINHA

Nas eleições deste ano, em Porteirinha, especificamente na majoritária, tudo indica que a disputa será acirrada. Mesmo não tendo realizado a administração do sonho da população, o atual prefeito Silvanei Batista (PSB) vai de igual para igual com o ex-prefeito Juraci Freire (PP). O candidato a vice-prefeito na chapa de Silvanei será Elton do Sindicato (PC do B). Já a companheira de chapa de Juraci será Azeli Martins Cunha, também conhecida como Dona Azeli, que foi esposa do ex-deputado e ex-prefeito Wilson Cunha. Vale lembrar que Azeli é uma das figuras mais queridas no município, principalmente pelo seu lado humano.

FORAGIDO

Apesar de termos em mãos o nome da cidade e da pessoa em questão, nos limitaremos apenas em citar o fato envolvendo candidato a prefeito que está sumido. Informação passada à coluna dá conta de que candidato da microrregião do Alto Rio Pardo é candidato a prefeito, mas está temporariamente fora de circulação, devido a denúncias pendentes junto à Justiça, relacionadas a terras devolutas. Verdade ou mentira, o certo é que o assunto é voz correntes em toda aquela região. Vamos apurar e aprofundar no assunto para termos a oportunidade de citar o nome da cidade, da pessoa e do seu partido. Aguardem!

BERIZAL

Nas eleições deste ano, pelo andar da carruagem, o candidato mais novo na disputa majoritária é o jovem Gustavo Lucas, de 21 anos, candidato a vice-prefeito em Berizal. Ele faz parte da chapa encabeçada por João Carlos (PTB)

PDT AINDA NA FOLHA

Informação que chega à coluna dá conta de que somente o servidor Jeferson Tolentino Trindade encaminhou pedido de desfiliação do PDT, preferindo continuar na prefeitura de Montes Claros exercendo suas funções. Até o fechamento da coluna, o secretário de Desenvolvimento Social, Toninho da Cowan, continuava ‘fingindo de morto’, não deixando a função, nem o partido. Integrante da cúpula do PDT informou a este jornalista que ele está sendo pressionado dos dois lados, pela administração e por Carlos Pimenta. Aliás, outros nomes ligados ao PDT também continuam pendurados na folha de pagamento e fingindo de mortos. São os mesmos que entram e saem administração e conseguem negociar empregos pessoais e para aliados.

CREDIBILIDADE

Somente ontem é que tomei conhecimento de que um determinado deputado teria participado de uma entrevista e feito críticas a jornalistas que não rezam em sua cartilha e nem participam de suas barganhas por cargos. A este respeito, não quero acreditar que este tenha colocado em dúvidas a credibilidade dos jornalistas apontados por ele, mas que não teve a coragem de citar os nomes. A este respeito, é fácil buscar informação de quem não tem credibilidade e quem, na última hora, abandona o barco para atender suas conveniências. Uma pena que a falta de audiência não permitiu que as falácias e os “vômitos verborrágicos” não ultrapassassem as paredes de onde estava concedendo entrevista.

ARIOVALDO MELO

O empresário Ariovaldo Melo, que tem uma vasta folha de serviço prestado a Montes Claros e ao Norte de Minas, informou à coluna que abandonou de vez o mundo político partidário. Ele se mostra claramente decepcionado com a receptividade, principalmente em face ao seu histórico de vida. Melo comentou que já foi procurado por candidatos, mas deixou bem claro que irá se comportar apenas com um eleitor comum, sem se envolver no processo.

EDÍLSON TORQUATO

Antes das convenções municipais em Montes Claros, constantes reuniões vinham acontecendo com a participação do presidente da Fiemg Norte, Adauto Marques (PP), da Sociedade Rural, Osmani Barbosa Neto (PMDB) e da ACI, Edilson Torquato. Existia até então um propósito de caminharem juntos, inclusive com a proposta de apresentação de um dos nomes na disputa majoritária. Na prática, a intenção era emplacar o nome do produtor Rural Osmani Neto, o que acabou não aconteceu. Do grupo, Adauto acabou sendo escolhido como candidato a vice-prefeito na chapa encabeçada pelo ex-deputado Humberto Souto (PPS). O fato é que o resultado das convenções acabou desfazendo o projeto e os dirigentes classistas, hoje, estão preferindo a neutralidade no processo. Em conversa com Edílson Torquato, este fez questão afirmar a este jornalista que não vai apoiar nenhum dos candidatos e que a pretensão é continuar concentrando seu trabalho na ACI e na direção do Codemc.

Por Aldeci Xavier

Aldeci Xavier
Aldeci Xavier

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).