Inicio » Esporte » Brasileirão 2016 » Brasileirão 2016 – Atlético vence com dificuldade e segue no G4

Brasileirão 2016 – Atlético vence com dificuldade e segue no G4

Brasileirão 2016 – Atlético vence com dificuldade e segue no G4

Por pouco mais de 20 dias, as atenções no Brasil ficaram voltadas para as Olimpíadas disputada no Rio de Janeiro. O torneio se encerra neste domingo, mas com poucas competições no último dia, o Campeonato Brasileiro voltou a ser o centro das atenções.

Brasileirão 2016 - Atlético vence com dificuldade e segue no G4
Brasileirão 2016 – Atlético vence com dificuldade e segue no G4

 

Um dos times que vem despertando atenção de muitos torcedores, da comissão técnica da seleção brasileira e dos observadores europeus, é o Atlético, que abriu a rodada de número 21 com vitória sobre o Atlético-PR por 1 a 0, no estádio Independência, o que manteve o time no G4.

VIATOTAL

ViaTotal

///////////////////////////

O Galo entrou em campo diante do Atlético-PR sob atenção e precisando mostrar serviço. O confronto no Horto aconteceu justamente um dia antes da primeira convocação que Tite fará para a seleção brasileira principal. Ou seja, foi a última oportunidade para os atleticanos comprovarem que vivem boa fase e podem vestir a camisa amarelinha.

Este foi o caso do atacante Robinho. O jogador vem sendo observado de perto por Tite e poderá ser um dos nomes de experiência da lista do treinador. O atacante comprovou que realmente vive seu melhor momento depois de alguns anos. O camisa sete foi o “dono” da partida. Alternando lances de velocidade e habilidade, o “rei das pedaladas” foi o autor do gol do Galo, em cobrança de pênalti. Este foi o seu nono tento no Brasileirão.

Rafael Carioca, que vem sendo cotado para vestir a camisa do Brasil desde a era Dunga, cumpriu suspensão. Mas Marcos Rocha, que voltou ao time titular após lesão no cotovelo direito, que o tirou dos gramados, por dois meses, teve a oportunidade de mostrar serviço na tentativa de fazer parte da lista de observados por Tite.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

O duelo contra o Atlético-PR foi importante também para o jovem atacante Carlos. Novidade de Marcelo Oliveira na equipe, em lugar do suspenso Fred, o atacante foi um dos alvos de observação no Independência. Representantes do Zenit, da Rússia, que já demonstrou interesse no camisa 13, foram ao Horto assistir ao jogo. E provavelmente, eles gostaram do que viram. O atleta formado na base do Galo foi incisivo no primeiro tempo e sofreu o pênalti convertido por Robinho e que mudou o cenário do difícil confronto.

Do banco de reservas, o técnico Marcelo Oliveira foi outro observador que acompanhou o duelo com atenção. O técnico do Galo não teve tranquilidade na sua missão de assistir ao confronto; viu um Atlético-PR dificultando a vida do Galo.

Nos últimos seis jogos que fez no Independência, a equipe mandante saiu com a vitória. Nos últimos duelos, o Atlético conseguiu se impor, fato que não se repetiu neste domingo.

A defesa atleticana mostrou falhas decisivas e só não foi vazada por incompetência do ataque do time de Curitiba e por mérito de Victor. No sistema ofensivo, o Galo encontrou poucos espaços e as chances de gol foram pequenas. Porem, apesar da dificuldade e de uma pressão no segundo tempo, o Galo saiu de campo com três pontos importantes e a vaga no G4 garantida por pelo menos mais uma rodada.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

O responsável pela cirurgia o neurocirurgião César Felipe Gusmão Santiago

Montes Claros – Santa Casa de Montes Claros realiza cirurgia inédita para retirada de tumor cerebral

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 9 de dezembro de 2016.Montes Claros – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).