Inicio » Norte de Minas » Norte de Minas – Grupo de estudos faz visita à comunidade Quilombola

Norte de Minas – Grupo de estudos faz visita à comunidade Quilombola

Norte de Minas – Grupo de estudos faz visita à comunidade Quilombola

No último sábado (20/08/2016), alunos e professores do Grupo de Estudos Espaço Rural Arquitetura e Povos Tradicionais do curso de Arquitetura e Urbanismo das Faculdades Santo Agostinho realizaram uma visita à comunidade quilombola Bom Jardim da Prata, situada na zona rural do município de São Francisco, no Norte de Minas.

Norte de Minas - Grupo de estudos faz visita à comunidade Quilombola
Norte de Minas – Grupo de estudos faz visita à comunidade Quilombola

 

De acordo com o coordenador do projeto, professor Amaro Sérgio Marques, um dos objetivos da visita foi ampliar o conhecimento sobre a questão da habitação, do território e dos problemas sociais e culturais daquele povo. “A realidade desses povos são distintas da realidade urbana. Então, conhecer como vivem como se relacionam com o mundo a sua volta é uma maneira de tentarmos sugerir políticas públicas que melhorem a qualidade de vida dessas pessoas”, diz.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

O curso de arquitetura da Santo Agostinho vem realizado trabalho de campo e coleta de dados há mais de três anos naquela região. Em 2015 os alunos realizaram uma visita à comunidade que resultou no Projeto de Escola Rural para a comunidade, mas que ainda aguarda recursos da Secretaria de Educação daquele município.

“Nesta última visita, os acadêmicos aplicaram um instrumento de coleta e fizeram o levantamento técnico de alguns imóveis (Projeto Minha Casa, Minha Vida Rural)”, explica o professor Amaro.

Durante a visita, o grupo realizou entrega de donativos como leite de caixinha, brinquedos e roupas. Durante a viagem, que contou com seis alunos e um professor, os alunos puderam participar de uma reunião com membros da Comunidade Quilombola de Bom Jardim da Prata, Buriti do Meio (São Francisco) e de Palmeirinhas (Pedras de Maria da Cruz).

Além disso, foram feitos dois mapas mentais por membros da comunidade, que serão analisados posteriormente. O objetivo é  que esses dados sejam tabulados e que o resultado seja apresentado em eventos científicos ainda neste ano.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

Bom Jardim da Prata

Bom Jardim da Prata é o principal núcleo de uma grande região ocupada historicamente por moradores de origem quilombola. Constituído por 88 famílias e cerca de 400 pessoas, o local fica na margem esquerda do rio São Francisco e é dividido em seis comunidades: Bom Jardim da Prata, São João Batista, Lagoa da Prata, Lagedo, Porto Velho e Pinhãozeiro. 

Com informações do Centro de Documentação Eloy Ferreira da Silva – CEDEFES.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).