Inicio » Colunistas » Aldeci Xavier » Coluna do Aldeci Xavier – Preto no Branco

Coluna do Aldeci Xavier – Preto no Branco

Coluna do Aldeci Xavier – Preto no Branco

PEDIDOS DE IMPUGNAÇÃO

Dos 389 candidatos a vereador em Montes Claros, 95 estão com pedido de impugnação do registro da candidatura. Vale salientar que na mesma situação estão o candidato a prefeito Sued Botelho (PT) e a candidata Jéssica Viana (PSOL). Conforme apurou, a coluna todos os pedidos estão em fase de defesa e o juiz eleitoral Antônio Rosa tem até o dia 12 deste mês para manifestar, mas é evidente que antes desta data todos os processos já terão sido analisados.

FORA DE PRAZO

Não precisa ser jurista para chegar à conclusão de que os juízes eleitorais não acatarão pedido de impugnação de registro de candidatura daqueles que mudaram de partido no prazo final determinado pela Lei, que é seis meses antes das eleições. O argumento de que em determinados partidos o estatuto define prazo de um ano, não se sustenta, já que se trata de questão interna das agremiações, que evidentemente esqueceram de reformular seus estatutos após a Reforma Política. Questões internas dos partidos não podem e não são superiores ao que define a Legislação Eleitoral.

LULA GRAVOU PARA SUED

Informação colhida com exclusividade pela coluna dá conta de que o ex-presidente Lula, apesar das acusações e do inferno astral que está enfrentando em nível nacional, decidiu que participará das candidaturas do seu partido nas principais cidades do país. Na semana passada ele gravou mensagem para o programa eleitoral do candidato a prefeito Sued Botelho (PT).

MINISTRO EM SALINAS

O Ministro da Agricultura, Blairo Maggi, garantiu que visitará, ainda este ano, o município de Salinas. Ele fez questão, de junto com o deputado federal Newton Cardoso Júnior (PMDB), de gravar a mensagem que foi endereçada principalmente ao prefeito Kinca Cliclodias (PT). Vale lembrar que Newton apoia a reeleição do atual chefe do executivo.

PALESTRA NO SEBRAE

O secretário de Desenvolvimento Econômico de Montes Claros, Reinaldo Teixeira Landulfo, atendendo convite do Sebrae, estará, no início da tarde de hoje, proferindo palestra para prefeitos e secretários de todo Estado, sobre experiência vivida em Montes Claros como secretário e como prefeito de Capitão Enéas. A proposta é fazer um comparativo.

TRÊS CORAÇÕES

No final da manhã de hoje, o diretor industrial do Grupo Três Corações, reúne com o prefeito em exercício, José Vicente de Medeiros para discutir o andamento das obras da empresa e o compromisso da municipalidade de asfaltar trecho de acesso à empresa. A inauguração da fábrica, que produzirá café encapsulado está prevista para o início de janeiro. Vale lembrar que a obra consumirá, no seu final, R$ 100 milhões de investimento.

SEMANA DECISIVA NO PT

Esta semana será decisiva na vida do PT de Montes Claros, que tem duas questões importantes pendentes. Primeiro é saber a posição da Justiça Eleitoral do pedido de impugnação da candidatura a prefeito de Sued Botelho que, caso confirme, será substituído pela professora Leninha. Entendo que essa questão é a de menos. O que realmente vem preocupando a cúpula petista é a posição da vereadora Graça Corrêa (Graça do PSF), que pelo visto está decidida a desistir de sua candidatura à reeleição, mesmo tendo amplas possibilidades de êxito nas urnas. Graça demonstra profundamente decepcionada com tudo que viveu no legislativo local. Independentemente da decisão final, vale lembrar que a vereadora é uma das integrantes do parlamento de Montes Claros querida por todos, cujo comportamento e atitudes são irretocáveis. Se não bastasse, conta sim com o carinho, principalmente da comunidade da região do grande Santos Reis.

DO LEITOR

Aldeci Xavier, boa noite! Como leitor assíduo da sua coluna e vendo a seriedade com que leva a notícia, gostaria de saber se você tem alguma informação em relação à duplicação da ponte do JK. Sou morador do Bairro Universitário e vejo aí muitas confusões. Há algum tempo você noticiou que já estaria em fase de licitação, porém até agora a prefeitura não nos deu esta resposta. Peço por gentileza que verifique para todos nós desta região.
Abraços – Sérgio Aguiar

RESPOSTA

Sérgio, primeiramente gostaria de agradecer pela confiança. Em relação à duplicação da ponte do JK (sobre a linha férrea), todos os trâmites burocráticos fórum cumpridos e só está dependendo do prefeito Zé Vicente assinar a ordem de serviço. Existe uma expectativa de que essa semana será decisiva. Conversei na manhã de sexta-feira (26) com o prefeito em exercício e este demonstrou bastante otimista, acreditando que os recursos poderão ser liberados agora. Pelo visto, a Caixa Econômica Federal estava dependendo de um ‘ok’ da direção da linha férrea (Centro Atlântica) para liberar os recursos. Já houve um parecer verbal, mas para a CEF tem que ser por escrito, o que acontecerá ainda nesta semana. Vale lembrar que a obra está orçada em mais de R$ 1 milhão, mas a prefeitura conseguiu baixar este custo para pouco mais de R$ 800 mil.

Por Aldeci Xavier

Aldeci Xavier
Aldeci Xavier

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).