Inicio » Colunistas » Aldeci Xavier » Coluna do Aldeci Xavier – Preto no Branco

Coluna do Aldeci Xavier – Preto no Branco

Coluna do Aldeci Xavier – Preto no Branco

PT E PMDB EM MINAS
O líder do governo na Assembleia Legislativa de Minas, deputado Durval Ângelo (PT), argumentou que a queda da presidente Dilma Rousseff e a posse de Michel Temer (PMDB) não mudarão em nada a relação entre os dois partidos no Estado. A este respeito, não precisa ter bola de cristal para afirmar que tudo vai depender de uma série de questões, a começar pelo comportamento do PT de Minas em relação ao Governo Federal. Não se iludam! As orientações para o ninho peemedebista em todo o país virá da nacional e do Palácio do Planalto. Aliás, alguém tem dúvida de que, hoje, o PMDB é mais próximo ao PSDB e que chegou à presidência da República justamente em face do apoio dos tucanos.

CIDADE MODERNA
Tenho recebido indagações de leitor querendo saber a minha opinião em relação ao candidato mais preparado para ser o prefeito de Montes Claros. Como analista e comentarista político, não seria ético o uso deste espaço para fazer campanha em favor deste ou daquele candidato, ou citar nome. O que posso dizer é que o eleitor não pode embarcar nos ataques pessoais, no denuncismo e outras práticas que não interessam à cidade, e, consequentemente, à população. Temos que nos preocupar é em escolher qual entre estes candidatos é o mais preparado, que reúna maior competência administrativa, cultivas ideias avançadas e não ultrapassadas. É importante entender que política não é profissão e a ideia de fazer carreira política é subjetiva. Temos que parar de alimentar na política, pessoas que utilizam das queixas da população para fazer discursos vazios na tentativa de convencer o eleitorado. Aliás, dos candidatos que estão aí, quantas vezes você teve acesso a eles de 2012 para cá (data da última eleição municipal)? Em que circunstância isso aconteceu?

CONTAS DE RUY MUNIZ
A Comissão de Finanças, Orçamento e Tomada de Contas da Câmara Municipal de Montes Claros se reuniu nesta quarta-feira (31) para dar parecer às contas do prefeito afastado Ruy Muniz, referente ao exercício de 2014. Os integrantes da Comissão optaram por seguir o parecer do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCE-MG) que manifestou pela aprovação das contas sem ressalva. A matéria será incluída na pauta de projetos para ser votado ainda este mês pelos vereadores.

CANDIDATOS SEM FÔLEGO
Antes mesmo de começar o processo eletivo (as convenções), comentei por diversas vezes neste espaço que o cidadão, ou cidadã, com interesse em ser candidato a vereador, primeiramente teria que avaliar se tinha condições de ‘bancar a brincadeira’ e que não deveria esperar do candidato na majoritária, até porque a Lei Eleitoral para este ano é rígida. A maioria fez de rogado e continuou com o projeto de ser candidato. Agora, nem bem a campanha começou e já tem vários ‘abandonando o barco’ justamente por falta de recursos para manter a campanha, principalmente material e transporte para chegar ao eleitor. Vem formando fila nos comitês com candidatos pedindo, além de santinho, dinheiro para a gasolina. Aliás, mesmo não tendo bola de cristal, é possível afirmar que são previsíveis os nomes que de fato têm chance de êxito. Apenas 15% estão na disputa. O restante apenas ‘fazendo piquenique no processo’.

MULHERES CADÊ VOCÊS?
Pelo visto não adiantou muito ter sido incluído na Legislação Eleitoral a exigência da reserva de 30% de vagas para o sexo oposto. Em Montes Claros, por exemplo, os partidos tiveram que inventar nomes e registrar apenas para atender a legislação (a chamada candidatura cartorial). O mais interessante é que entre os cerca de 390 pedidos de registro de candidatura, entre as mulheres que se dispuseram a participar da eleição, seis ou pouco mais estão de fato na disputa. A este respeito podemos citar Marly Alves (PDT), Isabel (PT), Graça do PSF (PT), Graça da Casa do Motor (PHS), Maria Helena (PPL) e Neia do Projeto Criança Feliz (PSDC). Aliás, pode até ser que tenha outro nome que ainda não consegui enxergar. O resultado é que a Lei é, na prática, uma imposição desnecessária.

PRAZO FINAL
Pelo andar da carruagem este jornalista está prevendo que na disputa em Montes Claros, vários candidatos a vereador só terão condições de tocar o projeto se for através de liminar. Entre 390 pedidos de registro de candidatura, o Ministério Público Eleitoral entrou com 95 pedidos de impugnação. Nomes importantes no processo poderão ficar de fora. Aliás, hoje foi o último dia para apresentação de defesa. Vale lembrar que na disputa majoritária, os nomes dos candidatos Sued Botelho (PT) e Jéssica Viana (PSOL) estão incluídos.

Por Aldeci Xavier

Aldeci Xavier
Aldeci Xavier

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

O responsável pela cirurgia o neurocirurgião César Felipe Gusmão Santiago

Montes Claros – Santa Casa de Montes Claros realiza cirurgia inédita para retirada de tumor cerebral

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 9 de dezembro de 2016.Montes Claros – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).