Inicio » Minas Gerais » MG – Gastronomia de Minas Gerais recebe incentivo e investimento do Governo do Estado

MG – Gastronomia de Minas Gerais recebe incentivo e investimento do Governo do Estado

MG – Gastronomia de Minas Gerais recebe incentivo e investimento do Governo do Estado

Iniciativa pioneira potencializa a cadeia produtiva gastronômica e traz novidades em prol da regionalização do desenvolvimento.

Prato 'Sushi Caipira' do Restaurante Calabreza, campeão no Festival de Gastronomia & Arte, de Lambari
Prato ‘Sushi Caipira’ do Restaurante Calabreza, campeão no Festival de Gastronomia & Arte, de Lambari.

 

Considerada um cartão postal de Minas Gerais, a gastronomia faz parte da nossa história, da nossa cultura e do imaginário dos turistas do mundo inteiro. Sabores típicos dos cinco territórios gastronômicos mineiros — Cerrado, Central, Espinhaço, Mantiqueira e Rios — estão em evidência e caíram no gosto dos mineiros.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

Em iniciativa inédita e estratégica o Governo de Minas Gerais, por meio da Codemig, realiza o Minas de Todas as Artes, Programa de Incentivo à Indústria Criativa. Lançado em agosto de 2015, os eventos e festivais vêm sendo realizados principalmente no interior e circuitos turísticos, atraindo cada vez mais amantes da culinária.

O investimento pioneiro no setor, que tem colaboração da Secretaria de Estado de Turismo (Setur), visa levar ao público as riquezas gastronômicas mineiras, movimentar o fluxo turístico e fomentar a geração de emprego e renda da cadeia produtiva. Outro objetivo do programa é manter o posicionamento de Minas Gerais como um destino turístico gastronômico de referência no país.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

“O foco é que esse forte elemento cultural (gastronomia) se torne uma experiência inigualável para os turistas, fazendo com que a identidade do povo mineiro seja conhecida e reconhecida mundialmente”

Ricardo Faria, secretário de Estado de Turismo de Minas Gerais

Na primeira edição do Edital de Incentivo à Gastronomia a Codemig investiu R$ 1,5 milhão por meio do apoio a eventos nos territórios gastronômicos mineiros.

O alto número inscrições, 72 no total, revelou como o setor vem se empenhando para se destacar. Os selecionados para os eventos gastronômicos destacaram 11 municípios mineiros: Belo Horizonte, Brumadinho, Diamantina, Divinópolis, Igarapé, Itabira, Juiz de Fora, Lambari, Nova Lima, São Gonçalo do Rio das Pedras e São João del-Rei.

“Após o sucesso da seleção de 2015, temos duas novidades para a edição 2016 que está em andamento: a criação da categoria Novos Eventos e a ampliação da categoria Food Trucks, antes válida somente para municípios da Estrada Real, e agora para todos os 45 Circuitos Turísticos do Estado. As duas mudanças vão abrir possibilidades para as cidades e regiões que ainda não têm eventos gastronômicos consolidados”

Fernanda Machado, diretora de Fomento à Indústria Criativa da Codemig

Foram realizados 14 eventos ao longo do ano, relativos ao edital de 2015. Outros nove festivais vão acontecer até dezembro. Confira no quadro em destaque. O objetivo, neste ano, é dobrar o número de contemplados e distribuir os recursos em cada um dos 17 Territórios de Desenvolvimento do Estado.

Até o final de 2018, serão investidos mais de R$ 20 milhões em editais de fomento e fortalecimento, com iniciativas de valorização de setores como gastronomia, além de audiovisual, design, moda, música e novas mídias.

content_foto

Prato da casa

Entre os festivais já realizados este ano estão o Prato da Casa (Divinópolis), no território gastronômico do Cerrado; Igarapé Bem Temperado (Igarapé); Brumadinho Gourmet (Brumadinho), ambos no território gastronômico Central; Festival de Gastronomia & Arte (Lambari); Festival de Cultura e Gastronomia Happy Hour (São João del-Rei), os dois localizados no território gastronômico Mantiqueira.

O Prato da Casa, realizado em Divinópolis, entre os dias 6 de julho a 6 de agosto, alcançou resultados satisfatórios. Segundo o coordenador do evento, Henrique Nunes, em 30 dias o evento atraiu mais de 50 mil pessoas e foram mais de 10 mil pratos comercializados, com 10 bares participantes.

“O fomento à gastronomia é importante porque possibilita realizar eventos quando o setor enfrenta um momento delicado em termos de investimentos. No Prato da Casa demos visibilidade aos bares e restaurantes e aos chefs das saborosas receitas do circuito gastronômico da cidade. Os pratos são uma viagem de sabores”

Henrique Nunes, coordenador e realizador do festival gastronômico Prato da Casa, de Divinópolis

Durante o Prato da Casa três receitas regionais foram premiadas. Os pratos escolhidos destacaram os sabores do Cerrado, mote do evento este ano. O Restaurante Peixe Dourado, com o prato principal Canastra Aqui, levou o primeiríssimo lugar: a receita típica é composta por medalhões de tilápia com bacon, acompanhado de espetinhos de tilápia recheado com hortelã, bolinhos de tilápia, arroz e banana da terra, e balinhas de café, servindo bem três pessoas.

O segundo colocado, regional e oriental ao mesmo tempo, foi o Restaurante Ohashi, com o prato Shiromi Maki Furai. Já o terceiro prêmio ficou com o Restaurante Churrasquinho do Raimundo, com o prato Rabicó. Os vencedores foram premiados com valores e viagens. A gastronomia permanece quente no local. Com o objetivo de despertar água na boca dos divinopolitanos os pratos participantes do festival serão mantidos no cardápio durante um ano para serem apreciados.

Festival de Gastronomia & Arte

O Festival de Gastronomia & Arte reuniu, entre os dias 21 a 24 de julho, em um mesmo espaço representantes da gastronomia de Lambari (restaurantes, bistrôs, pizzarias, cafés, hamburguerias, docerias). Ao todo, mais de 5.000 pessoas visitaram o evento durante os 4 dias.

Segundo o realizador Alexandre Coli Campos “o fomento da Codemig foi de grande importância para a cidade”, observa. Com a realização, contínua, “conseguimos dar um salto de qualidade, tanto na estrutura destinada ao público visitante quanto na publicidade do evento e capacitação das pessoas envolvidas”.

Nesta quinta edição, o evento teve a participação de 13 bares e restaurantes. O festival também teve premiação no III Concurso Gastronômico e os três pratos mais saborosos, escolhidos pelo público através de votação, foram vencedores.

O campeão foi o Sushi Caipira do Restaurante Calabreza, feito de lombo moído com ervas especiais envolto em tiras de bacon acompanhado de legumes salteados e molho agridoce. O segundo colocado foi o Rancho JS, com o prato Costela Suína à Moda do Rancho e em terceiro lugar a Pizza Gostinho da Roça, do restaurante Famiglia Sarpi.

A sexta edição do festival, em 2017, já está sendo trabalhada pela equipe de organização.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

Incentivo à Gastronomia 2016

O Edital de Incentivo à Gastronomia 2016, lançado pela Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig), em parceria com a Secretaria de Estado de Turismo de Minas Gerais (Setur), está com inscrições abertas.

Pizza Gostinho da Roça, do Famiglia Sarpi
Pizza Gostinho da Roça, do Famiglia Sarpi

 

Interessados devem enviar suas propostas até o dia 17 de outubro de 2016. Clique aqui para ler o Edital de Incentivo à Gastronomia 2016 na íntegra, baixar os formulários e acessar outras informações.

O edital propõe apoio a projetos em três categorias: Festivais Gastronômicos (voltada para eventos que já realizaram pelo menos uma edição nos últimos três anos); Food Truck nos Circuitos Turísticos de Minas Gerais (para eventos que reúnam pelo menos oito food trucks); e Novos Eventos, que pretende estimular a criação de novos festivais e iniciativas pelo Estado.

A iniciativa destina recursos à valorização da gastronomia no Estado, por meio do apoio a eventos nos cinco territórios gastronômicos mineiros — Cerrado, Central, Espinhaço, Mantiqueira e Rios.

Festival Cultura e Gastronomia Tiradentes

O lançamento do Edital de Incentivo à Gastronomia da Codemig foi anunciado durante o Festival Cultura e Gastronomia Tiradentes, um dos eventos gastronômicos mais importantes do país. Na sua 19ª edição, o evento mobilizou mais de 350 profissionais de gastronomia e atraiu, entre os dias 26 de agosto e 4 de setembro, cerca de 40 mil pessoas de todo o Brasil.

Em 2016, o Governo de Minas Gerais esteve presente no festival com o espaço Minas de Todas as Artes. Uma parceria entre a Codemig, a Secretaria de Estado de Turismo, o Sebrae-MG e o Senac-MG. O local permitiu ao visitante conhecer, de maneira interativa, as etapas da cadeia produtiva da gastronomia.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Temer sanciona com veto lei que repassa custos do Fies com bancos para faculdades

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 2 de dezembro de 2016. Temer sanciona …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).