Inicio » Educação » MG – Governo do Minas democratiza acesso ao ensino a distância e leva ao YouTube aulas para o Enem 2016

MG – Governo do Minas democratiza acesso ao ensino a distância e leva ao YouTube aulas para o Enem 2016

MG – Governo do Minas democratiza acesso ao ensino a distância e leva ao YouTube aulas para o Enem 2016

Projeto piloto da Utramig oferece curso presencial e virtual gratuito, com certificação, por uma das plataformas mais populares entre os jovens na internet

MG - Governo do Minas democratiza acesso ao ensino a distância e leva ao YouTube aulas para o Enem 2016
MG – Governo do Minas democratiza acesso ao ensino a distância e leva ao YouTube aulas para o Enem 2016

VIATOTAL

ViaTotal

///////////////////////////

Interpretação de Texto e Redação é uma das disciplinas mais importantes para quem quer ter sucesso e ser aprovado no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016. Diante disso, mais um importante reforço é oferecido pelo Governo de Minas Gerais aos candidatos. A Fundação de Educação para o Trabalho de Minas Gerais (Utramig) vai oferecer curso gratuito preparatório para a disciplina na reta final do Enem.

Além de 60 vagas abertas para estudantes no curso presencial, que será ministrado entre 19 de setembro e 24 de outubro, nesta área do conhecimento, a Utramig vai levar o ensino a distância, por meio de um projeto piloto especialmente idealizado para o Enem 2016. Aulas da disciplina estarão disponíveis na plataforma virtual mais utilizada e conhecida dos jovens atualmente, oYouTube.

As aulas telepresenciais e virtuais serão gratuitas para jovens e estudantes de todas as idades, e estarão disponíveis para todo o mundo. O ensino exclusivo veiculado pela a plataforma de vídeos, que já tem mais de um bilhão de usuários, é uma iniciativa realizada pela primeira vez pelo Governo de Estado, com o objetivo de democratizar o acesso ao conhecimento e às melhores oportunidades de estudo e mercado de trabalho.

O curso presencial está com inscrições previstas até o dia 18 de setembro. Já as aulas virtuais, que serão gravadas durante o próprio curso presencial realizado pela Utramig, serão disponibilizadas, semanalmente, às quartas-feiras, online, pelo Canal YouTube (www.youtube.com/fundacaoutramig), até o dia 24 de outubro.

No dia 29 de novembro, às 14h, a Utramig vai ministrar a Prova Simulado Final para certificação dos estudantes que realizaram o curso presencial e também aos estudantes que fizeram as aulas virtuais. Em ambas categorias do ensino, os participantes deverão atingir 70% das respostas corretas para receberem a certificação assinada pelo Governo de Minas Gerais. Para ser aprovado, o aluno do curso presencial também deverá ter comparecido há 75% das aulas presenciais.

“O grande segredo para o Enem está na interpretação de texto, independentemente da área da disciplina. Se a pessoa entende bem a pergunta, ela pode responder corretamente às questões. Com as aulas presencial e virtual os estudantes terão a oportunidade de serem certificados em um curso do Governo do Estado. A certificação é importante para a pessoa já ter um diferencial no currículo para a pontuação na concorrência”

Lindomar Gomes, presidente da Utramig 

O curso Reta Final, versão presencial, terá duração de 18 horas. O início das aulas será no dia 19 de setembro e será encerrado no 24 de outubro. As aulas acontecerão às segundas-feiras, das 14h às 17h, na Utramig. As matrículas estão abertas até o dia 18 de setembro, das 8h às 18h, na Secretaria Escolar da Utramig, na Avenida Afonso Pena nº 3400, Bairro Cruzeiro, em Belo Horizonte. Outras informações podem ser acessadas no site da Utramig.

As aulas no YouTube vão contar com uma didática e linguagem simples e dinâmica, atendendo aos requisitos de ensino à distância, buscando se aproximar do cotidiano dos milhares de jovens que vão prestar o Enem 2016.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

“O Curso de Interpretação de Texto e Redação para o Enem 2016 oferece uma oportunidade a todos os estudantes de Minas Gerais, e do país. Dessa forma, o Governo do Estado utilizará o Youtube como meio de veiculação possibilitando o acesso a um número ilimitado de estudantes. Através desse projeto piloto, o Governo de Minas Gerais acompanha os avanços tecnológicos do mundo, se aproxima dos portais online que são populares entre os jovens e oferece certificação na conclusão”, observa a especialista em Políticas Públicas, professora universitária e coordenadora do projeto da Utramig, Gabriela Xavier.

Confira a seguir as informações sobre o exame nacional e as principais finalidades de pontuação, como estudos em universidades, bolsas e no mercado de trabalho.

Enem 2016

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016, nos dias 5 e 6 de novembro, irá contar com cerca de 8 milhões de estudantes participantes das provas do Enem 2016, aplicados municípios de todo o Brasil. As inscrições para o exame encerram em maio.

A prova terá 180 questões de múltipla escolha e uma prova de redação, de caráter dissertativo-argumentativo. As questões serão divididas em igual número entre quatro áreas de conhecimento: Ciências Humanas e suas Tecnologias; Ciências da Natureza e suas Tecnologias; Linguagens, Códigos e suas Tecnologias; e Matemática e suas Tecnologias.

Os gabaritos oficiais das questões objetivas serão divulgados pelo Inep até o dia 9 de novembro. Os resultados ainda não têm data marcada para serem apresentados. Confira todos os detalhes do Enem 2016 acessando o site oficial aqui.

Para outras informações, acesse o site oficial do Enem 2016 (www.enem2016.net.br).

Para que serve o Enem?

Seleção para universidades

– As notas são usadas para selecionar alunos para as vagas em universidades federais e outras instituições de ensino;

– As universidades podem usar o Enem como único método de seleção, pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu) ou fazer uma combinação entre as notas do Enem e seu vestibular próprio;

– Programa Universidade Para Todos (Prouni);

– Para disputar uma bolsa de estudos do Prouni o candidato precisa ter obtido nota mínima de 450 pontos no Enem e não pode ter zerado a redação.

Financiamento Estudantil (Fies)

Estudantes que concluíram o ensino médio a partir de 2010 e querem solicitar o Fies devem ter feito o Enem. A partir deste ano, o candidato precisa ter obtido 450 pontos no exame nacional e não pode ter zerado a redação.

Pelo Fies é possível financiar os cursos de graduação bem avaliados junto ao MEC. A taxa de juros é de 3,4% ao ano para todos os cursos. Ele pode ser solicitado pelo estudante em qualquer etapa do curso e em qualquer mês.

Seleção para ensino técnico (Sisutec)

Quem estiver interessado em uma vaga gratuita de cursos técnicos oferecidos em instituições públicas e privadas pelo Sisutec deverá ter feito as provas do Enem.

Ensino médio

Quem tem no mínimo 18 anos e não concluiu o ensino médio pode conseguir a certificação por meio do Enem. A pontuação mínima é 450 pontos em cada uma das áreas de conhecimento e 500 pontos na redação.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

O responsável pela cirurgia o neurocirurgião César Felipe Gusmão Santiago

Montes Claros – Santa Casa de Montes Claros realiza cirurgia inédita para retirada de tumor cerebral

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 9 de dezembro de 2016.Montes Claros – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).