Inicio » Nacional » Cachorro teve órgão genital decepado para ser vendido como fêmea

Cachorro teve órgão genital decepado para ser vendido como fêmea

Cachorro teve órgão genital decepado para ser vendido como fêmea

Uma mulher em São Paulo comprou um filhote da raça Pincher em um site de anúncios classificados que indicava ser uma fêmea, mas recebeu da macho ferido que teve o seu órgão genital decepado.

Cãozinho mutilado foi vendido em site de anúncios
Cãozinho mutilado foi vendido em site de anúncios

 

Segundo informações do portal “G1”, após perceber que havia algo de errado, a cliente levou o cachorro para uma clinica veterinária e lá descobriu-se o que havia acontecido.

Segundo a proprietária da clínica, a mutilação foi superficial e feriu o prepúcio (pele que cobre o pênis do cão), mas que o filhote passou por uma cirurgia emergencial. “O ferimento cicatrizou e o canal urinário ficou bloqueado. O cachorrinho chorava de dor por não conseguir urinar”.

Depois da primeira cirurgia na clínica, o cachorro foi encaminhado para um hospital veterinário, com estrutura de UTI, e passava por uma nova operação para reconstruir o órgão genital. “Ele é muito pequeno e delicado, foi desmamado antes da hora, foi mutilado e está em sua segunda cirurgia em cerca de 20 dias de vida, por isso é fundamental que seja mantido no tratamento intensivo”, finalizou.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

MG - Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

MG – Jovem inventa que mãe está passando mal para estuprar vizinha

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 5 de dezembro de 2016.MG – Jovem …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).