Inicio » Últimas » Vôlei – Sada Cruzeiro vence Montes Claros e praticamente assegura a liderança

Vôlei – Sada Cruzeiro vence Montes Claros e praticamente assegura a liderança

Vôlei – Sada Cruzeiro vence Montes Claros e praticamente assegura a liderança

Foi com susto no primeiro e no último set, mas o Sada Cruzeiro fez valer seu favoritismo na tarde deste sábado contra o Montes Claros Vôlei, no Ginásio do Riacho, e praticamente garantiu a liderança da classificação do Campeonato Mineiro de Vôlei, ao vencer por 3 sets a 1, (parciais 21/25, 25/20, 25/20 e 25/21).

Vôlei - Sada Cruzeiro vence Montes Claros e praticamente assegura a liderança
Vôlei – Sada Cruzeiro vence Montes Claros e praticamente assegura a liderança.

 

O time celeste chegou a perder o primeiro set, mas reagiu com o apoio de sua ruidosa torcida, e fechou a partida por 3 a 1, com muita luta e comprovando a sua superioridade. Com o resultado, o time, que só pode ser alcançado pelo Minas Tênis Clube, já está garantido na semifinal do Campeonato Mineiro, quando terá o mando de quadra.

PUBLICIDADE

///////////////////////////

O primeiro set foi cheio de erros das duas equipes, que não conseguiam encaixar seus saques. Enquanto o time da casa não conseguia acertar o bloqueio, os visitantes tentavam ajustar o posicionamento da defesa. Atletas do Montes Claros chegaram a se desentender ainda no primeiro set e precisaram ser acalmados pelos colegas. Do lado do Sada Cruzeiro, muitas reclamações contra a arbitragem. O jogo seguia bastante equilibrado, a ponto de o nervosismo da quadra chegar às arquibancadas.

Na volta para o segundo set, o Sada pareceu acordar em quadra, e trouxe a torcida junto. Se aproveitando de repetidos erros de bloqueio do Montes Claros, o time celeste reagiu no placar e passou à frente pela primeira vez na partida. Sem conseguir acertar a defesa, o time do Norte de Minas foi sufocado por um rival inspirado. Os cruzeirenses fecharam o set em 25/20 e mudaram a partir dali o rumo da partida.

VIATOTAL

ViaTotal

///////////////////////////

No terceiro set, foi a vez do Montes Claros reclamar da arbitragem. O equilíbrio do jogo, em que a maior diferença no placar nunca foi superior a cinco pontos, só foi quebrado pelo impulso da torcida, inflamada de vez e apoiando o Sada Cruzeiro a cada ponto. O levantador William, em grande partida, conseguiu finalmente acertar a força e encaixou boa sequência de saques, consolidando a forte reação da equipe, que esteve sempre à frente do placar.

A partida parecia bem encaminhada na metade do quarto set. O Sada Cruzeiro tinha confortável vantagem de cinco pontos (17/12), mas sofreu um apagão e deixou o Montes Claros encostar no placar (18/17). O técnico Marcelo Mendez pediu tempo técnico e conseguiu frear a tentativa de reação dos visitantes, que melhoraram no bloqueio, mas ainda tinham dificuldades com os saques. A partir daí, o time celeste apenas administrou a vantagem e fechou o último set em 25/21.

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Leia Também

O responsável pela cirurgia o neurocirurgião César Felipe Gusmão Santiago

Montes Claros – Santa Casa de Montes Claros realiza cirurgia inédita para retirada de tumor cerebral

Compartilhar no WhatsApp* Por: Jornal Montes Claros - 9 de dezembro de 2016.Montes Claros – …


Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).