Inicio » Norte de Minas » Norte de Minas – Investigador da Polícia Civil é assassinado dentro de delegacia em Pirapora

Norte de Minas – Investigador da Polícia Civil é assassinado dentro de delegacia em Pirapora

Norte de Minas – Investigador da Polícia Civil é assassinado dentro de delegacia em Pirapora

Um investigador da Polícia Civil foi assassinado durante o seu expediente de plantão na delegacia de Pirapora, na região Norte de Minas, na madrugada desta sexta-feira (23).

Até o momento, 7 homens e uma mulher foram presos. Foto: Polícia Civil de Pirapora
Até o momento, 7 homens e uma mulher foram presos. Foto: Polícia Civil de Pirapora

 

A suspeita é de que os criminosos tenham se vingado do policial, que consegui impedir o resgate de um preso há cerca de 20 dias.

VIATOTAL

ViaTotal

///////////////////////////

Informações preliminares dão conta de que três suspeitos pararam um Palio prata nas proximidades da delegacia e seguiram a pé. Depois de pular o muro da unidade, eles encontraram a porta entreaberta e dispararam contra Cleomar Ataíde Vieira, 47. Até o momento, 7 homens e uma mulher foram presos.

Segundo a assessoria da Polícia Civil, o trabalho de investigação já foi iniciado. Vieira era Investigador desde março de 1994 e estava de plantão na delegacia de Pirapora quando foi morto.

“O delegado Flávio Destro, chefe do Departamento de Polícia Civil em Curvelo, ressalta o intenso trabalho de inteligência empregado nas investigações. Segundo o delegado, foram dois ou três suspeitos, que estacionaram a 50/60 metros e andaram até a unidade, pularam o muro da delegacia, efetuaram os disparos e fugiram. Destro afirma que a possibilidade de ser revide é uma das hipóteses para motivação do crime, porém estão sendo trabalhadas outras linhas de investigação”, informaram em nota.

oBoticário

///////////////////////////

Relembre o caso

Um investigador da Polícia Civil de Pirapora foi surpreendido por homens armados, que tentavam invadir uma delegacia, neste domingo (4). A intenção do grupo, segundo a vítima, era recuperar um detido em flagrante por tráfico de drogas.

Contudo, a ação não foi bem sucedida, já que o preso não estava mais no local: ele já tinha sido encaminhado para o presídio da cidade. “Estamos fazendo uma operação para localizá-los”, afirmou o policial, que foi agredido pelos suspeitos.

A Polícia Militar foi chamada para auxiliar nas buscas, mas até o momento, ninguém foi preso.

Segundo a assessoria da Polícia Civil, o trio suspeito, na verdade, iria matar o homem de 19 preso, em data anterior, por tráfico de drogas. Outros dois adolescentes, de 16 e 17 anos, também foram detidos, mas foram ouvidos e liberados.

 

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).