Inicio » Mais Seções » Curiosidades » Vietnamita é operado para retirar tesouras esquecidas há 18 anos

Vietnamita é operado para retirar tesouras esquecidas há 18 anos

Vietnamita é operado para retirar tesouras esquecidas há 18 anos

Um vietnamita passou por uma operação para remover de seu abdômen tesouras esquecidas pelos médicos durante uma cirurgia realizada há 18 anos, depois de relatar dores de estômago.

Médicos descobriram as tesouras de 15 centímetros perto de seu cólon após uma ultrassonografia recente
Médicos descobriram as tesouras de 15 centímetros perto de seu cólon após uma ultrassonografia recente.

 

Ma Van Nhat, atualmente com 54 anos, foi submetido a uma cirurgia em 1998, após um acidente de carro, e apenas recentemente descobriu que os médicos deixaram um presente indesejado quando o fecharam.

Os médicos descobriram as tesouras de 15 centímetros perto de seu cólon após uma ultrassonografia recente.

O Boticário

///////////////////////////

O homem passou por uma operação de três horas no fim de semana para remover as tesouras, de acordo com Ngo Trung Thang, vice-chefe de assuntos gerais do hospital Gang Thep Thai Nguyen, 80 quilômetros ao norte de Hanói.

“Ele está se recuperando bem”, disse Thang à AFP nesta terça-feira (3). Nhat passou quase duas décadas “comendo, bebendo e tendo uma vida bastante normal”, de acordo com o site de notícias Suc Khoe va Doi Song, porta-voz oficial do Ministério da Saúde do Vietnã.

A ultrassonografia que descobriu as tesouras só foi feita depois que Nhat relatou dores de estômago.

Autoridades informaram que estavam procurando os médicos que realizaram a cirurgia na província de Bac Kan em 1998, mas ainda não localizaram nenhum culpado.

O Boticário

///////////////////////////

------------------------------------------------------------------------

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal Montes Claros


------------------------------------------------------------------------

------------------------------------------------------------------------

Aviso: nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto, e esperamos que as conversas nos comentários sejam respeituosas e construtivas. O espaço abaixo é destinado para discussões, para debatermos o tema e criticar ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão, de maneira nenhuma, tolerados, e nos damos o direito de excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, calunioso, preconceituoso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem um nome completo e email válido).