Vaga no Bolso

Inicio » Mais Seções » Saúde – Leite, beijo e canudo são amigos dos dentes; descubra outros

Saúde – Leite, beijo e canudo são amigos dos dentes; descubra outros

Além da escova e do fio dental, alguns truques simples podem ajudar a ter um sorriso de propaganda. Isso porque, ao cortar da rotina alguns hábitos prejudiciais e incorporar práticas saudáveis, é possível preservar os dentes. Quem ajudar a identificar quem são os amigos e inimigos da saúde bucal é a dentista da Sorridents, Fernanda Lange.

Os chamados "alimentos detergentes" são bastante fibrosos e colaboram com a limpeza dos dentes devido ao atrito com o alimento
Os chamados “alimentos detergentes” são bastante fibrosos e colaboram com a limpeza dos dentes devido ao atrito com o alimento

Bochecho: amigo
É importante fazer pelo menos três bochechos diários para que as bactérias que resistiram à escovação mecânica sejam removidas pela ação química do enxágüe bucal. Vale lembrar que esse enxaguante deve ser sem álcool e recomendado pelo dentista. Também vale fazer o bochecho com água antes da escovação para tirar o excesso de restos de comida da boca e evitar o acúmulo nas escovas.

Canudo: amigo 
Tomar bebidas ácidas com canudo é uma boa saída para quem tem muita sensibilidade dental com líquidos gelados e quentes e também serve para os que estão em tratamento de clareamento dental, impedindo o contato do liquido com os dentes. Aliás, alimentos ácidos de uma forma geral, como mostarda e cebola, por exemplo, não são os melhores amigos da boca, pois podem danificar o esmalte dos dentes.

Goma de mascar: amigo e inimigo
As versões sem açúcar ajudam a higienizar a boca por meio de sua consistência pegajosa que, com a mastigação repetida, estimula o fluxo salivar. A saliva, por sua vez, neutraliza o pH da boca, o que não deixa o ambiente propício para a proliferação de bactérias. Já os chicletes com açúcar é um alimento cariogênico e deve ser evitado.

Leite: amigo
Colocar leite no café ajuda a diminuir a concentração e a quantidade de pigmentos da bebida. Esse excesso de pigmentação pode manchar os dentes.

Beijo: amigo
Beijar deixa as pessoas mais felizes e assim elas acabam tendo mais estímulo para melhorar o hálito com cuidados de higienização bucal. Além de ser uma das formas de combater o problema da “boca seca”. O beijo estimula as glândulas salivares e aumenta a salivação. A saliva contém água, proteínas e sais minerais, e é fundamental para manter a proteção dos dentes.

Estresse: inimigo 
O stress diminui as defesas do organismo que fica mais suscetível a doenças de gengiva. Além disso, ele diminui o fluxo salivar e gera alterações na mucosa bucal.

Refrigerante: inimigo
Os refrigerantes também são muito ácidos para a cavidade bucal e podem causar sensibilidade dental, desmineralização do esmalte dos dentes e até dor.

Maçã, pêra, cenoura: amigas 
Os chamados “alimentos detergentes” são bastante fibrosos e colaboram com a limpeza dos dentes devido ao atrito com o alimento.

Agência Beta

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.O espaço de comentários em nossos artigos é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido).