Últimas Notícias

Copa 2014 – CBF arrecada R$ 700 mil em ações contra propagandas ilegais

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) notificou cerca de 30 empresas por propaganda ilegal e venda de produtos piratas antes da Copa do Mundo. Segundo informações da Folha de S. Paulo, a entidade negocia com as empresas a retirada das campanhas publicitárias que fazem uso indevido da imagem da seleção brasileira do ar e pede uma indenização de cerca de, no mínimo, R$ 100 mil pelo uso da marca. Até agora, a CBF arrecadou cerca de R$ 700 mil em acordos judiciais.

Copa 2014 - CBF arrecada R$ 700 mil em ações contra propagandas ilegais
Copa 2014 – CBF arrecada R$ 700 mil em ações contra propagandas ilegais

A entidade alega que tem sido vítima de marketing de emboscada – caso em que uma empresa tenta se aproveitar de um conjunto de estratégias para divulgar a marca dentro da abrangência limitada aos concorrentes.  Além disso, a CBF tenta coibir a venda de produtos não licenciados pela entidade no País. Em todas as notificações, a confederação argumenta que a propaganda faz uso indevido de imagem. Para identificar casos de irregularidade, uma empresa foi contratada para rastrear propagandas que usam a imagem da seleção brasileira, segundo o jornal.