Inicio » Norte de Minas » Norte de Minas – Diretor de jornal do Norte de Minas é baleado em atentado

Norte de Minas – Diretor de jornal do Norte de Minas é baleado em atentado

O Diretor do Jornal “Tribuna do Povo”, de Várzea da Palma, no Norte de Minas Gerais, foi vítima de um atentado nesta sexta-feira, 09 de maio, em frente à Prefeitura do município. Segundo informações da Polícia Militar, Dirceu Marques de Oliveira, conhecido como “Dirceu Borboleta”, de 62 anos foi feriado a tiros enquanto distribuía 159ª edição do jornal.

Ainda segundo a PM, a tentativa de homicídio foi registrada às 10 horas da manhã. No momento em que saía da prefeitura, Dirceu foi atingido no ombro por um disparo de arma de fogo efetuado por um homem que estava na garupa de uma motocicleta Honda Biz Preta. Em seguida a dupla fugiu em alta velocidade.

Testemunhas informaram as caraterísticas dos autores para os policiais militares, que fizeram buscas na região na tentativa de prendê-los. No entanto, até o momento ninguém foi localizado.

O conhecido “Dirceu Borboleta” foi atingido por um tido nas costas. O crime pode está relacionado com denúncias publicadas no jornal.
O conhecido “Dirceu Borboleta” foi atingido por um tido nas costas. O crime pode está relacionado com denúncias publicadas no jornal.

Dirceu foi socorrido e encaminhado para o Hospital do Município, onde foi medicado e posteriormente encaminhado ao Hospital Municipal de Pirapora.

Em um vídeo postado em seu perfil no Facebook, Dirceu conta como foi o atentado. “Como é sexta-feira, depois do meio dia a gente gosta de tomar uma cerveja. Ia deixar a edição no Fórum antes e, quando estava tirando os jornais do banco de trás, ouvi um estampido e pensei que algo tinha estourado. Só aí vi que tinha sido baleado. Vi uma moto pequena, com um cidadão de camisa verde e branca colocando a arma na cintura e fugindo”, relata o diretor da “Tribuna do Povo”Confira a gravação na íntegra clicando aqui.

Atentados contra o Jornal

Essa não é a primeira vez que funcionários do jornal “Tribuna do Povo” são alvos de criminosos. Em 2007 e 2017, a redação da empresa foi incendiada e, até hoje, ninguém foi preso.

O novo atentado, desta vez contra a vida do Diretor Dirceu Borboleta, pode ser em represália as várias denúncias efetuadas na publicação.

Leia Também

O advogado Fillipe Freitas alerta para decisão do STJ sobre benefício do INSS

Nem sempre observado, adicional de 25% na aposentadoria pode ser requerido por lei

* Por: Jornal Montes Claros - 19 de setembro de 2018. Aposentados que comprovem a …

Aviso: Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.O espaço de comentários em nossos artigos é destinado a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não às pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou email válido).