Casa das Apostas Online Betway

Últimas Notícias

SAIBA MAIS AQUI - FAÇA CLICK

Brasil – Prefeito de Itagimirim é morto a tiros na Bahia

O prefeito de Itagimirim (BA), 602 quilômetros ao sul de Salvador, Rielson Santos Lima (PMDB), de 51 anos, foi morto a tiros na noite desta terça-feira (29), em um bar no centro da cidade por dois homens que chegaram ao local em uma moto. Atingido por quatro disparos, Lima chegou a passar por uma cirurgia no Hospital Regional de Eunápolis, mas não resistiu aos ferimentos. O corpo do prefeito, que era um conhecido comerciante do município, foi enterrado na tarde desta quarta-feira (30).

Brasil - Prefeito de Itagimirim é morto a tiros na Bahia
Brasil – Prefeito de Itagimirim é morto a tiros na Bahia

A polícia baiana não investiga o assassinato como crime político. Segundo a delegada Valéria Fonseca Chaves, da 23ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), onde o caso é investigado, a possível motivação política para o crime está “inicialmente descartada”, apesar de o gestor ter promovido uma série de demissões e cortes de vagas e salários nos últimos meses, para tentar equilibrar as contas da prefeitura. Além disso, o prefeito rompeu há poucas semanas com seu vice, Rogério Oliveira (PP), que vai assumir a Prefeitura.

De acordo com a delegada, a principal linha de investigação aponta para dívidas não quitadas que o gestor teria contraído com agiotas da região. Por causa do crime, o comércio e as escolas da cidade não funcionaram nesta quarta-feira (30).

Agência Estado

Aviso

  • • Nossos editores/colunistas estão expressando suas opiniões sobre o tema proposto e esperamos que as conversas nos comentários de artigos do JORNAL MONTES CLAROS sejam respeitosas e construtivas.
  • • Os espaços de comentários em nossos artigos são destinados a discussões, debates sobre o tema e críticas de ideias, não as pessoas por trás delas. Ataques pessoais não serão tolerados de maneira nenhuma e nos damos ao direito de ocultar/excluir qualquer comentário ofensivo, difamatório, preconceituoso, calunioso ou de alguma forma prejudicial a terceiros, assim como textos de caráter promocional e comentários anônimos (sem nome completo e/ou e-mail válido)