Últimas Notícias

Rússia libera compra de carne de cinco frigoríficos do País

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento informou hoje que a Rússia liberou cinco frigoríficos brasileiros para exportar carne bovina e suína para o país.

Russos têm exigências sanitárias rigorosas para ingresso de produtos alimentícios em seu mercado
Russos têm exigências sanitárias rigorosas para ingresso de produtos alimentícios em seu mercado

Para carne bovina, foram autorizadas as empresas Mataboi, em Minas Gerais; Frigoestrela, em São Paulo; Marfrig, em Goiás; e Agra, em Mato Grosso. Para carne suína, foi liberada a empresa Cotriji, no Rio Grande do Sul.

Segundo o Ministério da Agricultura, a autorização para venda de carne bovina saiu quinta-feira e, para carne a suína, sexta-feira. A Rússia tem exigências sanitárias rigorosas para ingresso de produtos alimentícios em seu mercado, e o Brasil mantém diálogo e se esforça por se adequar às normas do país europeu.

O mercado russo é um dos principais para a carne brasileira. Segundo dados do Ministério da Agricultura, no ano passado, de US$ 2,72 bilhões em produtos agrícolas brasileiros vendidos para a Rússia, 44,1%, ou US$ 1,2 bilhão, foram de carne bovina. As vendas de carne suína totalizaram US$ 412 milhões, ou 15,1%.

Agência Brasil